ItáliaSerie A

Lavezzi depõe sobre relação com filho de mafioso italiano

Ezequiel Lavezzi retornou à cidade de Nápoles nesta terça-feira, mas por um motivo pouco honroso. O atacante do Paris Saint-Germain foi interrogado sobre sua relação com mafiosos durante o tempo em que defendia o Napoli. O argentino admitiu relação próxima com Antonio Lo Russo, filho de Salvatore Lo Russo, ex-chefe de um clã da máfia na região.

“Eu o conheci como um dos torcedores do Napoli e algumas vezes ele veio a minha casa. Não achei a situação estranha, porque na Argentina é comum a relação entre jogadores e fãs. Nós jogamos videogame juntos e me lembro de tê-lo visto no estádio”, disse Lavezzi.

O jogador também explicou sua relação com Marco Iorio, empresário investigado pela justiça italiana: “Quando estava jogando em outra cidade, por segurança, deixava com ele alguns objetos de valor, como relógios”.

Lavezzi atuou pelo Napoli entre 2007 e 2012, disputando 156 partidas pelo clube e anotando 38 gols. O atacante foi negociado pelos partenopei na última janela de transferências, vendido ao PSG por € 30 milhões.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo