ItáliaSerie A

Juventus anunciou distintivo novo, e a reação da torcida reflete bem como ficou o resultado

Não demorou nem um minuto desde que o novo logo da Juventus foi anunciado em evento em Milão e a internet já estava criando memes e descendo a lenha no pobre designer que o criou. Pobre porque a ideia inicial com certeza não partiu dele, e o distintivo, quando pronto, ainda teve que passar pela aprovação do conselho e de dirigentes mais influentes do clube para que fosse adotado e divulgado. Ou seja, muita gente foi condizente com a nova arte, que estampará a camisa bianconera da próxima temporada em diante. Mas só pessoas de dentro do clube mesmo.

LEIA TAMBÉM: Chiellini: “Sentimos falta de Pogba na Juventus, o LeBron James do futebol”

Assim como o Atlético de Madrid, a Juventus decidiu apostar na simplicidade na renovação de sua imagem. Só que não dá para comparar exatamente com o clube espanhol, já que os colchoneros apenas tiraram alguns elementos de seu brasão e fizeram algumas alterações em seu formato. Os bianconeri, ao contrário, lançaram um logotipo que é nada mais do que letra J estilizada, sem tempero e sem sal. Andrea Agnelli, o presidente do clube, o descreveu em sua apresentaçao como um distintivo que “define um sentimento de pertencimento”, e que este é “um símbolo da maneira de viver da Juventus”.

O projeto lembra um ideograma, e a princípio parecia ser um logo comercial, bem como o que o Milan usa enquanto marca, o da Casa Milan. No entanto, jornalistas italianos esclareceram que o moderno escudo substituirá o bonito e tradicional emblema atual da Velha Senhora no uniforme do time a partir de 2017/18. Essa informação, claro, intensificou as críticas. “Isso é absolutamente um lixo! O logo que todos nós conhecemos e temos amado há tantos anos é o único que é reconhecido no mundo inteiro, e não um J”, escreveu um torcedor bianconero australiano em um dos tantos comentários de desaprovação feitos sobre o novo escudo na página do Facebook da Juve.

Mas a opinião desse fã estrangeiro da Velha Senhora, que tem uma legião de torcedores fora da Itália por vender muito bem sua marca longe da bota, não se assenta com a dos idealizadores do projeto. O intuito da ausência de elementos que estejam ligados à identidade do clube de Turim e da simplicidade excessiva seria o de tornar ainda mais global a imagem da Juventus, a fim de torná-lo ainda mais reconhecível para que as vendas de seus produtos em outros mercados, como na Ásia, nos Estados Unidos e na Austrália, cresçam.

Em resumo, o resultado do novo distintivo é o reflexo da reação da torcida bianconera e, claro, dos rivais. Vasculhando matérias e posts apresentando o logo, é muito, mas muito difícil encontrar comentários positivos sobre ele. Não é que ele esteja horrível, mas talvez seja algo que fuja um pouco do futebol como nós conhecemos. Aprendemos que o emblema de um clube é sua maior representação para a Juventus divulgar sua nova imagem resumida a… um J? É estranho de se conceber isso, mas temos que nos acostumar com essas inovações no esporte.

 

juve1

 

Mostrar mais

Nathalia Perez

Jornalista em formação trabalhando a favor de um meio esportivo mais humano. Meus heróis sempre foram jogadores de futebol, mas hoje em dia são muito mais heroínas.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo