ItáliaLeste EuropeuSerie A

Fiorentina contratou Ianis Hagi, filho do craque romeno dos anos 1990

A Fiorentina anunciou a contratação de um jogador que traz no seu nome uma grande história. Ianis Hagi ainda é um jovem de 17 anos, que completará 18 apenas em outubro. O nome remete justamente ao craque da Romênia ,não por acaso: é filho de George Hagi. O time italiano aposta no jogador não só porque o nome remete a um grande jogador. O desempenho de Ianis vem chamando a atenção. Atua na mesma posição do pai, meia, mas também pode atuar pelas pontas.

LEIA TAMBÉM: Os 50 anos de Hagi, o craque da Romênia que não conseguiu repetir 1994 nos clubes

George Hagi é um daqueles jogares que marcaram época vestindo a camisa da seleção. Alguns podem lembrar de 1990 ou 1998, mas a sua grande Copa foi mesmo 1994. O craque vestia a 10 do time que foi surpreendendo até as quartas de final, quando caiu diante da Suécia. Em 1998, o time caiu diante de outra surpresa, a Croácia. E foi mais tarde naquele ano, precisamente no dia 22 de outubro, que Ianis Hagi veio ao mundo. Nasceu em Istambul, na Turquia, onde o pai jogava pelo Galatasaray.

Já muito novo, aos 16 anos, ele estreou como profissional pelo Viitorul, clube do qual Gheorgi Hagi é dono e técnico. Foi no dia 5 de dezembro de 2014, quando entrou no segundo tempo contra o Botosani, no Campeonato Romeno. Desde então, vem ganhando espaço no time.

Sua primeira temporada como profissional foi em 2014/15, fez sete jogos e um gol. Na temporada seguinte, que acabou em maio, já com 16 anos, ele participou muito mais. Foram 26 jogos e três gols marcados. Jogou na seleção romena de base desde o sub-15 até chegar ao sub-18, que defendeu em 2015.

Com 1,72 metro, é baixo como o pai e também joga como meia. Vestia a camisa 10 no clube romeno. O pai era canhoto, mas ele é destro e mostra muita habilidade com a bola. Tem a técnica como uma das suas grandes virtudes e também tem um bom chute.

Ser filho de craque é ter que lidar com uma expectativa por vezes exagerada sobre o próprio futebol. Até aqui, Ianis Hagi vem correspondendo às expectativas. Na Itália, enfrentará um outro nível de futebol, que o exigirá mais. Se tiver uma parte da habilidade do pai, pode ter muito sucesso.

TRIVELA FC: Conheça nosso clube de relacionamento e marque um gol pelo jornalismo independente!

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo