ItáliaSerie A

Em dia de Muntari, quem decide pela Juventus é Pirlo

Um dia que Sulley Muntari marca dois gols nunca é um dia comum. O mais curioso ainda é o dia que ele faz dois gols e o time perde. O domingo foi de clássico na Itália e o Milan foi até Turim jogar contra a Juventus, o grande favorito da Serie A. Muntari marcou dois gols, mas o time perdeu. Isso porque a Juventus tinha ao seu lado Andrea Pirlo, que foi decisivo em duas cobranças de falta, além de ter contado com a estrela de Sebastian Giovinco, que entrou e marcou em seu primeiro lance.

O Milan até foi melhor do que poderia se esperar. Começou marcando um gol logo nos primeiros segundos de jogo.No primeiro tempo, o time foi bem e conseguia levar perigo, mesmo depois de tomar o gol de empate de Pirlo, de falta. Os rossoneri ainda criavam, mas faltava chute a gol. O time fez pouco isso durante o jogo e esse é um fator que se mostra importante.

LEIA MAIS:
Fartura do elenco dá força ao Napoli para brigar pelo topo
Passeio sobre a Inter credencia início arrasador da Roma

O time rossonero mostrou uma enorme falta de criatividade. Sentiu falta de um jogador como Kaká ou Valter Birsa, que foi seu substituto direto após a lesão. Montolivo é um jogador de qualidade técnica, especialmente para passes e chutes, mas não conseguiu usar nenhuma dessas características contra a Juventus, que tem um meio-campo rápido e forte.

O segundo tempo já tinha a Juve dominando desde o começo e não foi surpresa que veio não só a virada como um terceiro gol. O jogo estava controlado quando Muntari marcou um gol, já no final. Até deu um arrepio no torcedor da Juve, mas não dava tempo de conseguir mais nada.

A força do meio-campo da Juventus apareceu, ainda que nenhum jogador tenha se destacado demais. Vidal, Marchisio e Pirlo deram o domínio do jogo ao time da casa no segundo tempo. A forte marcação não dava para chance para o Milan.

A vitória é importante para a Juventus, que se mantém em boa posição na tabela, com 19 pontos – mesma pontuação do Napoli. A líder é a Roma, que tem 21 e um aproveitamento de 100% dos pontos. O Milan é só o 12º colocado, com oito pontos. Na próxima rodada, os bianconeri fazem um duelo difícil com a Fiorentina em Florença, enquanto o Milan joga com a Udinese em casa.

Formações iniciais

Juventus x Milan

Destaque do jogo

Andrea Pirlo participou diretamente de dois gols. O primeiro ele marcou de falta e no terceiro ele cobrou a falta que gerou o rebote para Chiellini marcar. Em um jogo sem grandes destaques individuais, o meio-campista acabou sendo decisivo em duas bolas paradas.

Momento-chave

A entrada de Giovinco acabou sendo providencial. Logo em seu primeiro lance em campo, ele marcou o gol da virada, o que acabou sendo decisivo para o resultado.

Os gols

1’/1T: GOL DO MILAN! Logo no primeiro lance do jogo, Nocerino chutou, Muntari desviou e marcou 1 a 0.

15’/1T: GOL DA JUVENTUS! Pirlo, em cobrança de falta, empata o jogo. Abbiati colaborou.

24’/2T: GOL DA JUVENTUS! Giovinco, que tinha acabado de entrar, deixou Zapata no chão e finalizou para marcar 2 a 1.

30’/2T: GOL DA JUVENTUS! Pirlo cobra falta, a bola explode na trave e Chiellini pega de primeira para marcar o terceiro da Juventus.

45’/2T: GOL DO MILAN! Muntari rouba a bola após bobeira de Pogba e chuta de fora da área para marcar e descontar.

Curiosidade

A Juventus ampliou a vantagem no confronto histórico com o Milan. Em 170 jogos, o timede Turim chegou a 62 vitórias, contra 50 do Milan e 58 empates.

Ficha técnica

JUVENTUS 3X2 MILAN

Juventus_escudo Juventus
Gianluigi Buffon; Andrea Barzagli, Leonardo Bonucci e Giorgio Chiellini; Simone Padoin (Paul Pogba, 10’/2T), Claudio Marchisio, Andrea Pirlo, Arturo Vidal e Kwadwo Asamoah; Fabio Quagliarella (Sebastian Giovinco, 22’/2T) e Carlos Tevez (Fernando Llorente, 40’/2T). Técnico: Antonio Conte
Milan Milan
Christian Abbiatti; Ignazio Abate, Philippe Mexès, Cristian Zapata e Kevin Constant; Antonio Nocerino (M’Baye Niang, 25’/2T), Nigel De Jong (Andrea Poli, 40’/2T) e Sulley Muntari; Riccardo Montolivo; Robinho (Cristian Zaccardo, 31/’2T)e Alessandro Matri. Técnico: Massimiliano Allegri
Local: Estádio Juventus (Turim-ITA)
Árbitro: Gianluca Rocchi
Gols: Pirlo, 15’/1T, Giovinco, 24’/2T, Chiellini, 30’/2T (Juventus), Muntari, 1’/1T, 45’/2T (Milan)
Cartões amarelos: Bonucci (Juventus), Constant, Muntari, De Jong, Mexès (Milan)
Cartões vermelhos: Mexès (Milan)

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo