Itália

Juventus se despede de Pirlo com uma bela homenagem ao maestro da camisa 21

Todo grande craque deixa saudades. Andrea Pirlo se despediu da Juventus oficialmente nesta segunda-feira. O meio-campista, de 36 anos, jogará pelo New York City, na MLS, confirmando uma especulação há muito repetida. O jogador marcou época no futebol italiano, mas não só. Ele jogou por Internazionale, onde não teve muito sucesso, no Milan, onde se tornou uma lenda em 10 anos de clube, e passou os últimos quatro anos defendendo a Juventus. A despedida dos bianconeri do jogador foi com um vídeo de agradecimento, com grandes lances do camisa 21. E não são poucos.

LEIA TAMBÉM: [Vídeo] 14 minutos da pura classe de Pirlo, o maestro que consagrou tantos craques

Pirlo chegou à Juventus cercado de desconfiança. Tinha sido atormentado por lesões nos seus últimos meses de Milan, jogando muito pouco e fazendo pouca diferença em campo. Ninguém sabia se ele ainda conseguiria manter o alto nível mostrado antes. As desconfianças ficaram pelo caminho naquela primeira temporada dele com a camisa alvinegra. Nos quatro anos de Juventus, Pirlo conquistou os quatro campeonatos italianos que disputou, além de uma Copa da Itália. Também ajudou o time a chegar à final da Champions League na temporada 2014/15, que terminou com a derrota para o Barcelona. Uma derrota doída, claro, mas que teve também o reconhecimento dos torcedores. Pirlo é um ídolo da Juventus, mas também é ídolo do Milan e da Itália. Ele foi protagonista na Copa do Mundo de 2006, conquistada pela Azzurra.

Foram 164 jogos pela Juventus, 19 gols (15 deles de falta), 35 assistências e sete troféus conquistados pela Juventus. “Mesmo assim, Pirlo é um homem que nunca poderá ser resumido a estatísticas”, diz o site da Juventus. E os elogios continuam:

Pirlo é o carisma silencioso, a mão firme no meio do parque, aquele que desfaz a defesa adversária. Ele é aquela bola inesperada que abre o jogo completamente, aquele passe macio que deixa o time de joelhos. Foi uma honra e um privilégio ter compartilhado estes quatro anos fantásticos com Andrea e todos associados da Juventus Football Club e desejamos a ele o melhor para o futuro.

O vídeo é curto, mas mostra alguns dos lances que fizeram de Pirlo um jogador muito elogiado por sua postura em campo, seus passes e sua precisão em cobranças de falta, chutes de fora da área e domínio de bola. Características que fizeram dele inesquecível para todo mundo que o viu jogar nestes anos de carreira. Ele deixará saudades em Turim, mas irá atuar diante de um público que poderá se encantar com seus lances, mesmo já no crepúsculo da sua carreira.

Sorte de David Villa, que será companheiro do jogador em Nova York, assim como outro meio-campista de classe: Frank Lampard. Talvez com esses dois reforços, o time saia da incômoda posição que se encontra no momento. Aliás, Pirlo falou muito bem sobre jogar em Nova York.

“Eu estava esperando por esta experiência por um longo tempo e agora que a oportunidade se materializou, eu quero aproveitar. Este é um clube em ascensão e compartilha a mesma fome que eu de atingir resultados na liga. Eu espero vencer”, disse Pirlo ao site do novo clube. “Eu tive diversas oportunidades de jogar fora da Itália, mas eu nunca tive dúvidas sobre escolher Nova York pelo entusiasmo das pessoas em vir assistir ao time”, continuou. “Eu me encontrei com o técnico, Jason Kreis, e ele me deu uma impressão fantástica do clube. Ele tem ideias bem definidas na sua mente e eu tenho certeza que nós iremos nos dar bem e criar um bom relacionamento, treinar bem e tentar vencer juntos”, concluiu o jogador.

Pirlo irá se juntar à equipe no dia 21 de julho, quando acabam suas férias, e estará disponível para jogar imediatamente, segundo o site do clube dos Estados Unidos. Os nova-iorquinos certamente esperam que algumas destas cenas do vídeo da Juventus se repitam na nova casa. Será o bastante para torná-lo ídolo em mais um lugar em sua carreira.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo