A volta do futebol italiano guarda o duelo entre Juventus e Milan pela semifinal da Copa da Itália. E um personagem inescapável entre os dois clubes é o atacante Pippo Inzaghi. O centroavante atravessou sua fase mais vitoriosa com os rossoneri, embora também tenha conquistado seus títulos e deixado sua marca com os bianconeri. E, entrevistado pela Gazzetta dello Sport antes do clássico, o veterano se rendeu a Cristiano Ronaldo. Declarou sua admiração pelo artilheiro da Juve, mas também uma pontinha de ciúmes pelos recordes de gols pulverizados por ele e por Messi.

“Enfrentei Ronaldo em 2007 e não imaginava que ele se tornaria um jogador tão extraordinário. Eu o tomo como exemplo aos meus jogadores, porque sei o quanto ele treina. Mas tenho um pouco de raiva dele e de Messi: por culpa deles, até parece que Raúl e eu marcamos poucos gols na Champions…”, brincou Inzaghi, que atualmente treina o Benevento. O italiano é o 11° maior artilheiro da história da Champions, com 46 gols, empatado com Eusébio. Considerando as outras copas continentais, Pippo acumulou 70 tentos. Raúl é o terceiro da lista, com 71. Cristiano Ronaldo já soma 128 gols, contra 114 de Messi.

Inzaghi também expressou seu desejo de que o futebol represente um novo começo à Itália, após o grande impacto gerado pela pandemia do coronavírus no país: “Sinto uma grande alegria e uma emoção com a volta do futebol. Espero que a bola nos traga serenidade. No pior momento, quando havia tantas mortes todos os dias, ninguém queria saber de futebol: a única necessidade era rezar e aguardar. Espero que essa dramática experiência sirva para trazer todos de volta à realidade e também se repensemos algumas cifras absurdas. É hora de reiniciar e fazer tudo mais humano, mais normal. Agora, entretanto, mal posso esperar para ligar a TV e ver o Juventus x Milan”.

À frente do Benevento, Inzaghi faz um trabalho fantástico. A equipe ocupa a liderança da Serie B e o acesso de volta à elite é apenas questão de tempo. O time soma 69 pontos em 28 rodadas, 20 de vantagem sobre o vice-líder Crotone. Sofreu apenas uma derrota e anotou 54 gols. O treinador aguarda o momento de comemorar a ascensão dentro de campo.

“O recorde mais bonito é a seriedade, o comprometimento e a dedicação que meus jogadores sempre mostraram durante toda a temporada e que nos permitiu vencer muito. Depois de 28 rodadas, fizemos mais pontos que a Juventus de Deschamps na Serie B. Agora temos outras marcas na mira, veremos o que vamos conseguir fazer”, comentou.

Por fim, Inzaghi também falou sobre como prepara seu time à retomada da Serie B: “Estou curioso sobre as condições dos times. Na Bundesliga, vi jogadores contidos nas primeiras partidas, mas então eles encontraram o ritmo. Eu me preocupo com a saúde dos meus atletas, mas vejo um entusiasmo incrível. Felizmente, o Benevento está próximo da linha de chegada, então eu trabalhei mais mentalmente que fisicamente. Não sei como nós recomeçaremos, mas estaremos todos na mesma barca e ninguém pode reclamar”.

Juventus x Milan se enfrentam às 16h (horário de Brasília) nesta sexta, com transmissão exclusiva do DAZN. Para assinar a plataforma, você pode acessar este link – e, por tabela, ajudar a Trivela.