Internazionale e Ajax definem nesta terça a última vaga nas quartas-de-final da Liga dos Campeões. Na Holanda, houve um empate por 2 a 2 entre as duas equipes. Quem passar pegará na próxima fase o Villarreal.

Em Amsterdã, a Inter levou um sufoco. No primeiro tempo, o Ajax chegou a abrir uma vantagem de dois gols. No San Siro, os nerazzurri podem até empatar por 0 a 0 ou 1 a 1 para ficar com a vaga, pois teriam marcado mais gols fora de casa.

Para tanto, Roberto Mancini alerta seus jogadores para duas coisas. A primeira, evitar pensar no Villarreal antes de garantir a vaga. Em seguida, não subestimar o Ajax. “Não podemos olhar além do Ajax. A partida de amanhã é fundamental para nós. Espero um confronto complicado, duro, e na qual a ajuda do público será importante. É uma partida complicada, mas não a mais delicada da temporada. Temos a obrigação de vencer”, disse o treinador.

Adriano encerrou um jejum de dez partidas sem marcar gols. O atacante foi o autor do gol da vitória da Inter em cima da Sampdoria no último sábado, pela Série A. Toldo será o titular. Pela primeira vez a Inter contará com a torcida no San Siro. Nas três partidas da fase de grupos, o time jogou com portões fechados, em cumprimento de uma punição na última LC. A torcida da equipe atirou diversos objetos no gramado na partida contra o Milan.

O Ajax teve a série de cinco vitórias consecutivas na Eredivisie interrompida pelo PSV. No fim de semana, no clássico mais importante da Holanda, houve um empate sem gols. “Teremos algumas chances em Milão, mas temos de estar conscientes de que devemos manter nossas linhas defensivas próximas uma da outra. Isto foi o que aconteceu de errado no segundo tempo da partida de ida”, afirmou o treinador Danny Blind.

John Heitinga será um dos desfalques da equipe, pois o defensor está com dores na região dos rins. Ele será substituído por Hedwiges Maduro. Steven Pienaar, ausente da equipe por um longo tempo por contusão, participou do empate contra o PSV e estará em condições de enfrentar a Inter.