O Internacional começou bem a escalada rumo ao tricampeonato da Libertadores. Embalado pela torcida presente no Beira-Rio, os colorados derrotaram o Juan Aurich por 2 a 0, na abertura do Grupo 1. O outro jogo da chave, entre The Strongest e Santos, acontece no dia 15 de fevereiro.  Já o próximo jogo dos gaúchos está marcado para o dia oito de março, contra os santistas.

A principal surpresa na escalação do Inter foi a presença de Oscar, que mesmo com o imbróglio jurídico com o São Paulo foi para campo. E desde os primeiros minutos os colorados partiram para o campo ofensivo, rondando os peruanos e pressionando quando perdiam a bola. A primeira chance de gol veio aos 17 minutos, justamente com Oscar. O meia chutou forte da entrada da área e o goleiro Diego Penny caiu no canto para segurar.

Seis minutos depois, porém, Oscar não perdoaria. O garoto tocou para Leandro Damião na entrada da área, que protegeu a bola e devolveu limpa para o meia, que chutou cruzado, fora do alcance de Penny. E a situação dos colorados ficou ainda melhor aos 35 minutos, quando Cesar Ortiz acabou expulso, após receber o segundo amarelo. O Inter seguia ameaçando mais e, aos 41 minutos, Kleber chegou a driblar o goleiro, mas acertou o lado de fora da rede. Em resposta, John Jairo Valencia tentou chute de fora pouco depois, mas Muriel segurou.

Na volta do intervalo, o Internacional mantinha a posse de bola sem maiores dificuldades. Por duas vezes Oscar tentou surpreender chutando de longe, mas não acertou o alvo. Já aos 14 minutos, Leandro Damião arrematou de fora da área e Penny se esticou todo para tirar a bola da direção do ângulo, mandando para escanteio. Na sequência, Andrés D’Alessandro arriscou, assustando o goleiro adversário.

O domínio prevalecia, mas os gaúchos tinham dificuldades para infiltrar a área do Juan Aurich. Aos 27, após cobrança de escanteio, Mario Bolatti recebeu em boas condições e mirou o canto, mas Penny rebateu para fora. Ainda sem um passe que decidisse o jogo, o Inter tentava atirar de longe, como fez João Paulo aos 37, sem sucesso. Pouco depois, Damião buscou encobrir Penny, mas o goleiro conseguiu fazer boa defesa.

Aos 44, Jesús Dátolo deu números finais à partida. João Paulo chutou de fora da área e Penny espalmou. O rebote sobrou nos pés do argentino, que encheu o pé para marcar. A bola ainda tocou no travessão antes de morrer dentro do gol.