Um dos pontos mais fortes da Internazionale neste início de temporada é a sua dupla de ataque. E é uma dupla mesmo, porque o time joga em um 3-5-2. Lautaro Martínez e Romelu Lukaku brilham pelo time dirigido por Antonio Conte e foram os dois destaques, mais uma vez, na vitória desta terça-feira contra o Brescia por 2 a 1, pela Serie A. Lukaku, aliás, marcou um golaço, que acabou sendo determinante para a vitória dos visitantes.

O primeiro gol veio aos 23 minutos, com o atacante Lautaro Martínez recebendo na intermediária e arriscando de longe. A bola desviou na defesa e matou o goleiro Enrico Alfonso, do Brescia: 1 a 0. Até ali, o Brescia sequer tinha conhecido a área da Inter, que dominava o jogo.

No segundo tempo, porém, as coisas mudaram um pouco. O Brescia passou a ameaçar um pouco mais, especialmente com Mario Balotelli. Não por acaso, o atacante foi um dos que mais chutou a gol, com sete, sendo duas delas grandes chances para marcar. Só que isso veio principalmente depois dos 28 minutos, quando Romelu Lukaku recebeu na ponta direita e carregou a bola como um tanque. Puxou para o pé esquerdo e soltou uma bomba: golaço do belga e 2 a 0 no placar.

No momento do segundo gol da Inter, o Brescia já vivia um bom momento no jogo. Dali em diante, o Brescia tentou tudo que podia. Foram 32 cruzamentos para a área da Inter, alguns deles perigosos, mas com os zagueiros interistas inteiros na disputa e tirando a maioria deles. Quando não eram os zagueiros da Inter que apareciam bem, era o goleiro Samir Handanovic, que fez seis defesas ao longo do jogo e ao menos duas delas bem difíceis. Em uma, impedindo o gol de Balotelli, em uma cabeçada muito próxima ao gol.

O gol acabou por sair, aos 31 minutos do segundo tempo. Bruno martela, que entrou no segundo tempo, fez uma grande jogada pela direita, passou pela marcação, entrou na área e finalizou quase sem ângulo. A bola desviou no zagueiro Milan Skriniar e entrou. O gol foi dado contra para o zagueiro eslovaco.

Apesar do gol ter saído ainda com tempo para uma reação, não foi o que aconteceu. A Inter manteve a calma e segurou os ataques do Brescia. Apesar da boa atuação de Sandro Tonali, organizador do time, o Brescia não conseguiu nenhum ponto no jogo. Balotelli teve chances, mas não esteve bem nas finalizações.

Por outro lado, a Inter de Conte se com uma zaga bem posicionada, com atuações bastante regulares e confiáveis. No ataque, Lautaro Martínez e Romelu Lukaku foram sempre perigosos com a bola e mostraram eficiência. A Inter teve mais posse de bola, chutou bastante a gol (13 vezes, duas a menos que o Brescia), mas acertou apenas dois deles no gol.

O aproveitamento da Inter segue alto e, por isso, o time segue no alto da tabela, brigando com a Juventus. Ainda precisa melhorar em termos de criação de jogadas e o time sente a falta de Stefano Sensi, que está machucado. Mesmo assim, o time é perigoso no ataque e tem mostrado alta capacidade de decisão na maior parte dos jogos.

Ao Brescia resta tentar aproveitar melhor as chances. E contar com um Balotelli que consiga decidir mais, ser mais preciso nas finalizações e aparecer mais no jogo. Ele tem sido um jogador que recebe a bola muitas vezes, mas falta ser quem decide o jogo para o time.

Standings provided by Sofascore LiveScore