A Internazionale fechou a quinta rodada da Serie A com um aproveitamento perfeito. A vitória por 1 a 0 sobre a Lazio em San Siro foi com a marca que o time tem deixado neste início de temporada, eficiente, longe de ser brilhante, mas ainda assim seguro. Se na Champions League o início foi decepcionante com um empate contra o Slavia Praga em casa, no âmbito doméstico o time segue muito bem. É a primeira vez que a Inter vence os cinco primeiros jogos da temporada com um técnico no seu primeiro ano de trabalho.

Nesta quarta-feira, o jogo foi bastante equilibrado no primeiro tempo. Os dois times entraram em campo com três zagueiros, em esquemas espelhados, no 3-5-2. A Lazio chegou a ter boas chances de abrir o placar, só quem conseguiu foi a Inter, aos 23 minutos. Cristiano Biraghi, titular do time pela primeira vez, cruzou para a área e Danilo D’Ambrosio chegou para cabecear e marcar 1 a 0. Foi o único chute certo da Inter no primeiro tempo, entre três chutes. A Lazio também chegou, com cinco chutes a gol, sendo três deles a gol.

Apesar dos chutes serem equilibrados, a Inter foi quem ficou mais tempo com a bola, com 63%. No segundo, porém, a Inter foi bastante superior. Não só na posse de bola, mas também pelo número de chutes a gol, com 12 chutes, mas só deles foram a gol. O time de Conte ficou rondando a área da Lazio, buscando o gol, mas sem conseguir dar tanto trabalho para o goleiro Thomas Strakosha – que só fez duas defesas na partida. Os zagueiros Francesco Acerbi e Bastos tiveram uma grande atuação, ajudando a impedir que a Inter criasse problemas.

Pelo lado da Inter, Romelu Lukaku conseguiu uma boa atuação, apesar de não ter conseguido fazer o gol. O time também teve uma boa atuação defensiva, que é uma marca também de Conte. O trio Diego Godín, Stefan De Vrij e Milan Skriniar foram bem, assim como Marcelo Brozovic. O time sentiu um pouco a falta de criatividade, o que melhorou no segundo tempo com a entrada de Stefano Sensi – que começou o jogo no banco para dar lugar a Matías Vecino.

A Lazio também sentiu falta do seu principal jogador de ataque, Ciro Immobile. Felipe Caicedo foi quem começou jogando, mas não conseguiu levar muito perigo à defesa dos nerazzurri. Immobile eventualmente entrou no segundo tempo, mas não conseguiu ser efetivo.

No fim, ficou mesmo o placar em 1 a 0, com a Inter conseguindo uma vitória que a mantém na liderança. Se falta encantamento, sobra segurança e, ao menos no âmbito local, o time dá a impressão que conseguirá manter uma disputa mais próxima da Juventus na disputa pelo Scudetto.

Standings provided by Sofascore LiveScore