Instinto matador: Walcott faz três e Arsenal goleia Newcastle

Ainda sem renovar contrato, atacante, que quer jogar como centroavante, fez o primeiro e o último gol na vitória por 7 a 3 sobre o Newcastle no estádio Emirates

marcar três vezes. O contrato do jogador acaba no final da temporada e ainda não houve acordo para renovação e um dos pontos exigidos pelo jogador. No jogo deste sábado, o camisa 14 fez três gols, todos gols de centroavante, e parece querer mostrar que pode jogar ali. Alguém duvida?

O primeiro gol veio aos 20 minutos de partida, no primeiro chute perigoso para o gol do jogo. Theo Walcott recebeu pela esquerda, arrancou para o meio e tocou com categoria no canto, cruzado, à lá Thierry Henry, aquele que usou aquela mesma camisa 14 que o jogador veste em 2012.

No fim da primeira etapa, veio o gol de empate. Demba Ba cobrou falta, a bola desviou e entrou. Gol de empate e uma partida difícil. Isso até os cinco minutos do segundo tempo. Alex Oxlade-Chamberlain desempatou e colocou novamente o time da casa em vantagem. Mas o Newcastle não desistiu. Sylvain Marveaux voltou a empatar, sozinho, embaixo do gol, aos 14.

Aos 19, Jack Wilshere fez a jogada pela esquerda, cruzou para a área, Walcott ia marcar, mas Coloccini impediu. Só não impediu Lukas Podolski de empurrar para o gol quase em cima da linha. Cinco minutos depois, Demba Ba completou ótimo cruzamento de Marveaux e empatou de novo: 3 a 3.

Com 28 minutos e um jogo maluco, o Arsenal pulou à frente de novo. Desta vez, depois de nova jogada pela esquerda, quando a bola sobrou para Walcott, que teve calma, girou e meteu de bico no alto para fazer 4 a 3 para o Arsenal.

A defesa do Newcastle parecia perdida. Todos os ataques do Arsenal eram um perigo. E quase todos a partir de então viraram gols. Como se não bastasse a boa atuação como atacante centralizado, Walcott ainda fez aquilo que o caracterizou ao longo do tempo: as jogadas na ponta direita. Em um cruzamento perfeito, colocou a bola na cabeça de Olivier Giroud, que mandou para as redes, aos 39.

Aos 42, Giroud recebeu e sem muita marcação, bateu forte de pé direito, que nem é o seu mais forte, para marcar 6 a 3. O jogo já estava definido, mas a defesa do Newcastle parecia disposta a entregar mais. E Walcott, com instinto matador que entrou no jogo, aproveitou. Entrou na área driblando, dividindo, caiu no chão após um choque, mas levantou, ainda com a bola, e tocou por cima do goleio, quase na pequena área.

Fim de jogo no Emirates: 7 a 3 para o Arsenal em um jogo de muitos ataques, mas de defesas terríveis. Walcott com instinto matador, três gols no jogo, gols de centroavante, jogador que mostra cada vez mais recursos em campo. E se havia alguma dúvida sobre a qualidade de Walcott, parece que não há mais. Então, só resta o pedido da torcida dos Gunners para o técnico: assina, Wenger!

Confira os jogos da 20ª rodada da Premier League:

Sábado, 29/dez

Sunderland 1×2 Tottenham
Aston Villa 0×3 Wigan
Fulham 1×2 Swansea
Manchester United 2×0 West Bromwich
Norwich 3×4 Manchester City
Reading 1×0 West Ham
Stoke City 3×3 Southampton
Arsenal 7×3 Newcastle

Domingo, 30/dez

Everton x Chelsea
Queens Park Rangers x Liverpool