Em situações próximas na tabela, Napoli e Roma sabem que tirar a diferença em relação à Atalanta para entrar no G-4 da Serie A é missão impossível. Os napolitanos, ao menos, já se garantiram na próxima edição da Liga Europa após a conquista da Copa da Itália e jogam sem tantas responsabilidades, apenas para manter o ritmo antes do reencontro com o Barcelona nos mata-matas da Champions. E, num teste de luxo dentro do San Paolo, os celestes frustraram um pouco mais os romanistas. Venceram por 2 a 1, com Lorenzo Insigne assinando uma pintura para determinar o triunfo no final.

Num primeiro tempo sem gols, o Napoli já parecia mais preparado à vitória. Os celestes atacavam bem mais e faziam o goleiro Pau López aparecer, em seu retorno ao time após lesão. A Roma teve raros momentos mais lúcidos no primeiro tempo e lamentou aos 30 minutos, quando Chris Smalling precisou ser substituído ao se contundir. Antes do intervalo, Arkadiusz Milik acertou o travessão dos visitantes com uma cabeçada e José Callejón não conseguiu aproveitar o rebote. E, na melhor chance dos giallorossi, Lorenzo Pellegrini perdoou dentro da área.

Na volta ao segundo tempo, o Napoli transformou sua superioridade em gol. Aos 10, Mário Rui cruzou e José Callejón apareceu dentro da área para completar de carrinho. Só que a comemoração não duraria tanto, com o empate da Roma cinco minutos depois. Em contra-ataque, Henrikh Mkhitaryan avançou com muito espaço e bateu colocado da entrada da área, mandando a bola no canto. Os romanistas ainda puderam se animar com a entrada de Nicolò Zaniolo, outro a voltar do departamento médico, sem atuar desde janeiro por conta de uma séria lesão ligamentar no joelho.

Só que quem mandava na partida era mesmo o Napoli, ainda bem mais insistente no ataque. O desfecho da vitória aconteceu aos 37, quando Insigne cortou para dentro no bico da grande área e, mesmo com pouco ângulo, deu um tapa de direita. A bola seguiu uma trajetória perfeita para sair do alcance de Pau López e morrer na gaveta. Golaço para aumentar a reputação do capitão napolitano. Antes do apito final, ainda haveria tempo para Pau López salvar mais uma, diante de Dries Mertens. Foi a oitava defesa do espanhol na noite.

Na quinta posição, a Roma encerra a rodada 15 pontos atrás da Atalanta. São três derrotas consecutivas do time de Paulo Fonseca, que não se achou neste retorno da Serie A. Já o Napoli vem em bom momento, apesar da derrota para a própria Atalanta no meio da semana. Os celestes têm os mesmos 48 pontos do time da capital, mas aparecem em sexto por possuírem um saldo de gols inferior ao dos romanistas – já que ambos se igualaram no confronto direto, após os 2 a 1 dos giallorossi durante o primeiro turno.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore