Inglaterra

[Vídeo] Quando Schmeichel marcou um gol de bicicleta pelo Manchester United

Qualquer lista sobre os melhores goleiros da década de 1990 inclui Peter Schmeichel. Para muita gente, até mesmo na primeira posição. O paredão iniciou a carreira fazendo seu nome no futebol dinamarquês, sobretudo no Brondby, mas ganhou reconhecimento internacional quando chegou ao Manchester United. Tornou-se o lendário camisa 1 na conquista de cinco títulos da Premier League e da histórica Champions de 1999, enquanto também era um dos pilares da Dinamarca que ergueu a Euro 1992. Vencedor e com uma lista de milagres incalculável. Depois, ainda rodou por Sporting, Aston Villa e Manchester City – em uma volta à cidade que os Red Devils nunca engoliram direito, principalmente Gary Neville.

VEJA TAMBÉM: Por que Schmeichel foi um dos melhores goleiros da história

Até parecia que Schmeichel gostava das defesas difíceis. O goleiro conta com um número impressionante de intervenções impossíveis em cima da linha, em lances à queima-roupa. Além da grande envergadura, o dinamarquês combinava agilidade e elasticidade invejáveis. Não à toa, segue considerado por muitos como o melhor camisa 1 que já passou por Old Trafford, em lacuna ainda hoje não assimilada por parte da torcida vermelha.

Mas Schmeichel ia além e até marcava os seus gols, com 13 tentos na carreira. A maioria deles veio cobrando pênalti, embora o goleiro também tenha se aventurado algumas vezes na área adversária para marcar. Mesmo na final da Champions de 1999, por exemplo, o dinamarquês tentou vencer Kahn nos minutos finais, no lance que resultou no primeiro dos dois gols da virada sensacional. Só que a pintura mais famosa do camisa 1 não valeu. Em 1997, durante a quarta rodada da Copa da Inglaterra, Schmeichel foi à área para evitar a eliminação no replay contra o Wimbledon. Emendou uma linda bicicleta para as redes, que não valeu. Estava impedido e um dos maiores golaços de goleiro da história não adiantou nada, com a queda dos Red Devils na competição.

Além do gol de bicicleta, vale lembrar também os milagres de Schmeichel. Obras de arte do goleiro lendário que completa 52 anos nesta quarta:

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo