Inglaterra

Técnico do Wigan rechaça acusação da FA sobre críticas a juiz

O técnico do Wigan Athletic, Paul Jewell, rejeitou as acusações da federação inglesa (FA) de conduta imprópria e danos à reputação do esporte por seus comentários feitos contra um árbitro da Premier League. Jewell foi indiciado por criticar duramente o árbitro Phil Dowd após a derrota por 2 a 1 para o Arsenal, dia 11 de fevereiro.

O treinador acusou Dowd de impedir a vitória do Wigan, podendo causar uma perda de 50 milhões de libras – valor estimado para o caso de rebaixamento do clube à segunda divisão. Para se defender, Jewell solicitou uma audiência pessoal, ainda a ser marcada.

Jewell já havia sido multado em 2 mil libras e suspenso por duas partidas em função de outro incidente no mesmo jogo – ele invadiu o gramado do Emirates Stadium para protestar contra Dowd. O técnico do Wigan reclamou de um pênalti não marcado de Mathieu Flamini em Emile Heskey, e acusou o árbitro de ofender verbalmente os jogadores.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo