Inglaterra

Petrov: “Futebol acabou, é o fim. Vou lutar por minha vida”

O meio-campista Stiliyan Petrov deu por encerrada a sua carreira no futebol. O jogador do Aston Villa foi diagnosticado com leucemia e disse que a preocupação agora é lutar por sua vida.

“O futebol acabou, esse é o fim”, afirmou o búlgaro, de 32 anos, ao Tem Sport, jornal do seu país. “Agora estou começando a lutar pela minha vida e eu irei lutar”, continuou.

Com 105 jogos pela seleção da Bulgária, o jogador revelou que estava com fortes dores de cabeça durante a derrota do Aston Villa para o Arsenal por 3 a 0, no último sábado. O médico da equipe sugeriu que o búlgaro fosse substituído.

“Eu perdi minha energia no começo do segundo tempo e isso foi muito incomum para mim”, afirmou o jogador. “Mas isso é a vida, você vê, estávamos bebendo um café em Londres na semana passada e agora estamos aqui falando disso”.

Petrov mostrou confiança e deixou claro que irá lutar contra a doença. “Eu irei lutar, está claro, e eu também gostaria de agradecer todos pelo apoio de todos os lugares”, declarou o meia.

Um dos que mostrou apoio público ao jogador foi Dmitar Berbatov, atacante do Manchester United. “Vamos todos rezar e acreditar que Stiliyan Petroc, um dos melhores jogadores que a Bulgária já produziu, um dos meus melhores e mais próximo amigo, vença essa batalha”, declarou o atacante. “Ele merece esse apoio. Acredite”.

Os jogadores do Chelsea, adversários do Aston Villa neste sábado no Villa Park, entraram com cam

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo