Inglaterra

O Som das Torcidas: saiba mais sobre o lado azul de Glasgow, a partir dos cantos do Rangers

Nota da redação: Aprofundando nossa parceria com a Central 3, com quem fazemos semanalmente um podcast, vamos publicar os episódios da série O Som das Torcidas, que relata e analisa o que se ouve nas arquibancadas ao redor do mundo.

Por Matias Pinto

“(no Oeste da Escócia) os pássaros sobre as árvores cantam canções sectárias”, escreveu Andrew O’Hagan.

Muitas destas canções podem ser escutadas no estádio Ibrox, casa do Rangers FC desde 1887. O clube havia sido formado quinze anos antes por quatro jovens protestantes, vindos das regiões de Argyll e Stirling ao norte de Glasgow.

LEIA MAIS: Podcast #50: As seleções vem aí e a Eurocopa também

A rivalidade com o Celtic FC – fundado por um padre irlandês em 1888 – foi crescendo nos primeiros anos da Liga Escocesa, quando as equipes que formam o clássico conhecido como Old Firm, despontaram como os maiores vencedores da competição, conquistando o título em 43 dos 49 campeonatos disputados até a 2ª Guerra Mundial.

Porém, o sectarismo tão presente na sociedade escocesa, se intensificou com a proclamação da Independência da Irlanda (1916), cujas tensões reverberaram na outra margem do Canal do Norte. As partidas de futebol tornaram-se mais um campo de disputa entre lealistas e separatistas, monarquistas e republicanos, protestantes e católicos. Gangues de rua matavam seus rivais em nome do Rei ou do Papa.

A tensão é sentida até os dias de hoje – apesar da falência do Rangers em 2012 – e no último clássico (400º) o Celtic diminuiu a vantagem em relação ao arquirrival no confronto direto para 15 vitórias (159 x 145). E no mês que vem, os velhos rivais se enfrentarão por uma vaga para a final da Copa da Escócia, e as arquibancadas do Hampdem Park serão novamente dividas por bandeiras da Irlanda e do Reino Unido.

Conheça mais sobre o lado azul de Glasgow, a partir dos cantos dos Gers que a cada jogo transformam o Ibrox no Bouncy Castle, principalmente quando o adversário é o Celtic, ao som de músicas folclóricas, marchas militares, Roy Orbison, The Offspring e Tina Turner.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo