InglaterraPremier League

O herdeiro? Solskjaer aponta Giggs como substituto de Ferguson

Apontado como um dos favoritos para substituir Sir Alex Ferguson no comando do Manchester United, Ole Gunnar Solskjaer aponta para um antigo companheiro como nome ideal ao banco dos Red Devils. Segundo o norueguês, Ryan Giggs está se preparando para se tornar técnico do clube e tem grande potencial para ocupar o cargo.

“Giggs está observando o trabalho no United para assumir no futuro. Ele tem muito potencial. Giggs quer jogar por mais uma temporada, mas eu digo que ele tem seus olhos e ouvidos mais abertos para o que Ferguson está fazendo”, declarou o atacante, em entrevista ao jornal Daily Mirror.

No início do mês, Giggs ampliou seu vínculo com o United por mais uma temporada. O galês está no clube desde 1987, quando recebeu a visita de Ferguson em sua casa e acertou sua ida a Old Trafford aos 14 anos. Às vésperas de completar 40 anos, o meio-campista chegou a 1000 partidas como jogador profissional, 932 pelo clube. Embora oficialmente fosse o capitão, Giggs também serviu como assistente de Stuart Pearce na seleção britânica durante os Jogos Olímpicos de 2012.

Além disso, Solskjaer não negou a possibilidade de assumir o United: “Você tem que sonhar alto. Se você não tiver um sonho grande, não o realizará. Então vamos apenas esperar e ver o que acontece”. Com passagem como treinador das categorias de base dos Red Devils, Solskjaer comanda o Molde desde 2011, conquistando as duas últimas edições do Campeonato Norueguês. O ex-atacante também já foi sondado para assumir o Aston Villa e o Blackburn.

Falta à dupla apenas combinar com Sir Alex Ferguson sua saída do United. Em entrevista recente, o treinador afirmou que “ninguém sabe quando eu vou me aposentar, nem eu” e revelou o desejo de se tornar diretor do clube quando deixar o cargo.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo