Inglaterra

Liverpool quebra invencibilidade do Chelsea

Depois de 86 partidas, o Chelsea volta a perder um jogo em casa pelo Campeonato Inglês. Pior, a queda da invencibilidade que vinha desde fevereiro de 2004 se deu justamente em um duelo contra o Liverpool, time com o qual os Blues dividiam a ponta do torneio. Com o 1 a 0 deste domingo, os Reds assumiram a liderança isolada da competição.

Sem Fernando Torres, contundido, a equipe de Merseyside entrou em campo disposta a anular as principais jogadas do Chelsea. Assim, Rafa Benítez montou o time com dois volantes de marcação (Mascherano e Xabi Alonso) e deixou Gerrard mais livre para participar de ações ofensivas e usar o espaço da intermediária azul, ocupada por apenas um volante. Além disso, o uso de dois meias abertos e dois laterais bloqueou as jogadas pelas pontas do time londrino.

A estratégia teve sucesso. O Liverpool esteve mais estruturado em campo, consciente do que precisaria fazer na partida. Enquanto isso, o Chelsea tentava encontrar espaços, mas sofreu um revés que se mostrou fatal logo aos 10 minutos. Depois de uma bola que sobrou na entrada da área azul, Xabi Alonso chutou de primeira. A trajetória foi desviada por Bosingwa e enganou o goleiro Cech, que não pôde impedir que a bola entrasse no meio do gol.

A partir daí, o Liverpool reforçou sua tática defensiva e deixou o Chelsea com ainda menos espaço. No segundo tempo, os Reds ainda se abriram mais para aproveitar os contra-ataques.

Sem ação, o técnico Luiz Felipe Scolari mudou o esquema de jogo da equipe da casa, colocando Belletti como meia aberto pela direita para ajudar Bosingwa e Di Santo como segundo atacante. O Chelsea continuou criando oportunidades, todas na base do desespero (ou seja, sem levar muito perigo ao gol de Reina).

Com essa vitória, o Liverpool foi a 23 pontos e assumiu a liderança isolada da Premier League. O Chelsea divide a segunda posição com 20 unidades. O resultado também quebrou a invencibilidade caseira dos azuis (não perdiam em Stamford Bridge pelo Campeonato Inglês desde o 1×2 para o Arsenal na temporada 2003/4, há 86 partidas) e de Felipão no comando dos londrinos.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo