Infantino: “Precisamos de pessoas como Mourinho no futebol”

Presidente da Fifa não economizou elogios ao técnico português, que treinou a Inter, time de coração de Infantino, e também o apoiou na eleição

José Mourinho não vive a melhor fase da carreira e passa por um momento complicado no Manchester United. Mesmo assim, é um personagem que ganha muitas manchetes. O português é um grande personagem, além de um grande técnico. E foi defendido por um nome de peso: o presidente da Fifa, Gianni Infantino. Segundo o dirigente, o futebol precisa de pessoas como Mourinho, que digam o que pensam e não sejam sempre diplomáticos.

“Mourinho é um homem que contribuiu e continua a contribuir para o futebol, com as suas ideias. Ou se gosta ou se odeia. Precisamos de pessoas assim. De inovadores que dizem o que pensam nem sempre de forma diplomática”, afirmou o dirigente máximo da Fifa, em entrevista ao canal italiano Sky Sport. “Mourinho está entre os maiores, entre as lendas do esporte”, disse ainda.

Infantino nasceu na suíça, mas como o nome já indica, ele é filho de italianos. Se diz torcedor da Internazionale, em uma paixão que ele chama de vírus. “É um vírus que te pega quando você é uma criança. Meu pai era torcedor da Inter e esteve nas finais europeias dos anos 1960. O primeiro jogo que fui com meu pai foi um da Inter, em San Siro”, declarou o dirigente. “Quando se entra neste estado, você não entende nada”, disse ainda o sorridente presidente.

Ele desejou sorte ao novo treinador do clube, o italiano Stefano Pioli, mas destacou que tem que ser neutro. “Sorte a Poli, mas a todos treinadores. Agora que sou presidente, tenho que ser neutro, suíço”, brincou ainda. Vale lembrar que Mourinho teve uma excelente passagem pela Inter, entre 2008 e 2010. Além de bicampeão italiano, conquistou também a Copa da Itália e a Champions League. Até hoje, muitos torcedores da Inter homenageiam o treinador português.

Além de ter passado pela Inter, outro ponto é importante lembrar aqui: Mourinho apoiou a eleição de Infantino à presidência da Fifa. Ele, entre outros treinadores como Fabio Capello e figuras ilustres como Luis Figo e até a Federação Portuguesa de Futebol apoiaram inteiramente o ex-secretário-geral da Uefa.

Será que o coração dele o influenciou ao comentar sobre Mourinho ou foi apenas uma retribuição política? Bom, seja como for, Mourinho de fato é um personagem que movimenta o mundo do futebol. Antes era pelo que ele fazia montando seus times. Talvez hoje não tenha tantos clubes, entre os maiores da Europa, que gostaria de ter Mourinho no seu banco de reservas.