Classificada antecipadamente, a Alemanha não quis saber de moleza na rodada final do Grupo B da Copa do Mundo e goleou a África do Sul, por 4 a 0, com três gols ainda no primeiro tempo. O resultado completa uma campanha perfeita: três vitórias, seis tentos anotados e nenhum sofrido. Chegará com moral às oitavas de final. 

Alemanha resolve a parada no primeiro tempo

A Alemanha não quis deixar nenhuma pendência para o segundo tempo e marcou três vezes antes do intervalo. Melaine Leupolz apareceu na entrada da pequena área para cabecear uma cobrança de escanteio da direita, e Daebritz aproveitou a falha da goleira Dlamini, que rebateu um cruzamento relativamente tranquilo de Schweers nos pés da adversária. Em nova jogada de bola aérea, Alexandra Popp apareceu dentro da área para cabecear às redes. O primeiro gol da capitã na Copa do Mundo. 

E poderia ser mais

Além dos gols e do volume de jogo muito superior, as alemãs ainda perderam duas chances incríveis de ampliar o placar. Aos 16 minutos, Buehl chutou da esquerda. Dlamini fez a defesa, mas o rebote ficou com Popp, na pequena área, sem goleira. Ela passou um pouco da bola e mandou por cima. Outra grande chance caiu nos pés de Magull. Depois de um belo corta-luz, ela entrou livre, dentro da área, mas acabou mandando por cima.

Nada de tirar o pé do acelerador

Pelo menos no começo do segundo tempo, a Alemanha seguiu em ritmo alto contra a África do Sul e ampliou, logo aos 12 minutos, em outra jogada de bola aérea. Falta cobrada na área, Marina Hegering se jogou para cabecear, e Dlamini conseguiu fazer uma ótima defesa. No entanto, o rebote pegou na trave e ficou pedindo para ser chutado. Lina Magull atendeu e fez 4 a 0. Uma bomba de Van Wyk quase resultou no gol de honra da África do Sul. Mas a vitória alemã foi mesmo impiedosa. 

Ficha técnica

África do Sul 0 x 4 Alemanha

Local: Estade de la Mosson, em Montpellier
Árbitra: Sandra Braz (Portugal)
Gols: Melanie Leupolz, Sara Daebritz, Alexandra Popp e Lina Magull (ALE)
Cartões amarelos: Lebogang Ramalepe, Nothando Vilakazi e Rhoda Malaudzi (RSA); Lina Magull (ALE)

África do Sul: Andile Dlamini; Lebogang Ramalepe, Janine van Wyk, Noko Matlou e Nothando Vilakazi; Mamelo Makhabane, Kholosa Biyana (Leandra Smeda), Refiloe Jane, Amanda Mthandi (Thembi Kgatlana) e Busisiwe Ndimeni; Ode Fulutudilu (Rhoda Mulaudzi). Técnica: Desiree Ellis

Alemanha: Almut Schult; Giulia Gwinn, Sara Doorsoun, Marina Hegering e Verena Schweers (Carolin Simon); Lina Magull, Melanie Lepoulz, Svenja Huth (Linda Dallmann) e Sara Daebritz; Alexandra Popp e Klara Buehl (Lea Schuller). Técnica: Martina Voss-Tecklenburg