O atacante Odion Ighalo poderia ter uma passagem curta pelo Manchester United e que seria ainda mais encurtada com a paralisação por causa da pandemia do coronavírus. Seu contrato só ia até o dia 31 de maio, mas foi renovado até o dia 31 de janeiro de 2021, de forma a dar mais tempo para o jogador mostrar serviço pelo clube do qual é torcedor.

O ex-jogador do Watford chegou ao United no último dia da janela de transferências de inverno na Europa, em janeiro, como um reforço para o clube que tinha vendido Romelu Lukaku para a Inter de Milão no verão e passou meses de questionamento por falta de jogadores para o ataque.

Havia um entrave na negociação entre o Manchester United e o Shanghai Shenhua porque o clube chinês queria vender em definitivo o atacante, de 30 anos, ou ao menos incluir uma opção de compra. O Manchester United, porém, não queria tornar a transferência definitiva. O jogador também queria permanecer no clube. As negociações foram acertadas no domingo e anunciado nesta segunda.

“O Manchester United chegou a um acordo com o Shanghai Shenhua para estender o empréstimo de Odion Ighalo. O atacante nigeriano permaneceria inicialmente até o dia 31 de maio, mas ele irá permanecer agora nos Reds até o dia 31 de janeiro de 2021, permitindo que ele continue um começo impressionante da sua vida com o clube que ele torce desde garoto”, diz comunicado do Manchester United.

“Tem sido um sonho para ele e espero que ele possa finalizar o que começou e ganhar um título conosco”, afirmou Ole Gunnar Solskjaer. “O Shanghai Shenhua tem sido ótimo conosco, permitindo que ele jogue pelo seu clube dos sonhos”. A fala do técnico do United deixa claro, porém, que ele não tem a ideia de contratar o jogador em definitivo. Por enquanto, ele é só uma opção. Precisará mostrar que pode ser mais do que isso nesse tempo no clube.

Ighalo é um torcedor do Manchester United. Nigeriano de Lagos, o jogador começou a carreira no seu país, mas passou pela Noruega, no Lyon, e chegou à Itália, com a Udinese. De lá, passou por outros clubes por empréstimo, até chegar ao Watford, em 2014, clube que tem os mesmos donos da Udinese.

Até aqui, são quatro gols em oito jogos disputados pelo jogador. A sua contratação em janeiro foi uma surpresa, mas o jogador tem correspondido e mostrado ser útil ao time, ganhando a simpatia do torcedor. Com isso, o técnico Ole Gunnar Solskjaer tem mais uma opção de ataque garantida para o resto da temporada na Inglaterra, que irá ser retomada no dia 17 de junho.