Recém-contratado pelo Paris Saint-Germain e às vésperas de completar 31 anos, Zlatan Ibrahimovic disputará a Liga dos Campeões pelo sexto clube em sua carreira, e poderá ser o primeiro jogador da história a marcar gols por seis equipes diferentes na competição. O sueco, no entanto, ainda persegue o primeiro título e convive com a fama de não aparecer nos jogos decisivos do torneio.

Os números justificam a fama. Em 84 partidas disputadas na Liga dos Campeões, Ibra marcou 28 gols, média de 0,33 por jogo. Apenas quatro deles, porém, foram em partidas de mata-mata, sendo três pelo Barcelona em 2009/10. Dois deles apenas no empate por 2 a 2 contra o Arsenal, em Londres. A proporção de gols também diminui muito quando o time dele passa da primeira fase, quando o sueco fez, em média, 24,5% dos gols de seu time. Nos jogos eliminatórios essa média cai para 10,75%.

No total, Ibrahimovic participou de 10 edições da Liga dos Campeões, e chegou às semifinais apenas uma vez, com o Barcelona em 2009/10. Foi eliminado e muito criticado pelo desempenho nas duas partidas. Nos outros torneios, foi eliminado quatro vezes nas quartas de final, quatro nas oitavas de final e uma na primeira fase, com o Ajax em 2003/04.

O desempenho tímido contrasta com o rendimento dele em campeonatos nacionais. Ao todo, Ibrahimovic já conquistou oito títulos, sendo três pelo Ajax, um pela Juventus, dois pela Internazionale, um pelo Barcelona e um pelo Milan. Além disso, foi artilheiro do Campeonato Italiano em 2008/09 e 2011/12 e já marcou 33 gols em 82 jogos pela seleção sueca, na qual foi muito útil nas campanhas das eliminatórias para as Copas de 2002 e 2006.

No PSG, Ibra já é o artilheiro da Ligue 1 com quatro gols em três jogos. Mostra que ainda tem disposição para seguir brilhando em campeonatos nacionais. Resta saber se terá o mesmo desempenho quando a Liga dos Campeões chegar em suas fases decisivas e poderá ajudar o time parisiense a dar o salto de qualidade desejado pelos seus donos ao injetarem mais de € 250 milhões em contratações nas duas últimas temporadas.

Obs.: Em 2003/04, seu time não chegou ao mata-mata. Em 2007/08, 2008/09 e 2010/11, nem ele, nem seu time, marcaram gol no mata-mata. (Imagem: Marina Val)

VOLTAR AO GUIA