A equipe do Celta deixou o gramado de Balaídos para o intervalo com uma desvantagem de dois gols diante do Villarreal. Mas acredite, no confronto direto contra o rebaixamento, o Celta conseguiu a improvável virada nos 45 minutos finais, venceu por 3 a 2 e se aproximou do próprio Villarreal na tabela de classificação.

O “submarino amarelo”, que apesar da boa campanha na Liga Europa tem lutado para não afundar em La Liga, iniciou o jogo com tudo e com apenas 15 minutos já havia marcado duas vezes. Ekambi abriu o placar e Pedraza ampliou com uma jogada individual que deixou até o goleiro pelo caminho.

O Celta tinha mais posse de bola, mas não finalizava, e precisava mudar isso para o segundo tempo. O técnico Francisco Escriba optou por manter a formação e a recepção dos torcedores para a segunda etapa surpreendeu, com os jogadores sendo ovacionados como se estivessem eles vencendo por 2 a 0. E já que trabalhando a bola as coisas não estavam dando certo, o jeito foi diminuir na bola parada. Com apenas cinco minutos, Iago Aspas cobrou falta frontal com extrema categoria, colocando o time da Galícia novamente no jogo.

O Villarreal se assustou com o ímpeto adversário e acabou recuando ainda mais e o Celta aproveitou. Quinze minutos depois do primeiro gol, Olaza levantou a bola na área e Maximiliano Gomez cabeceou firme para igualar o marcador. O empate, depois de estar perdendo por dois gols de diferença já não seria mau negócio, mas ainda havia bastante tempo para buscar a vitória. E aos 38 minutos, em ataque veloz, Victor Ruiz cometeu um pênalti infantil ao arriscar um carrinho dentro da área.

Como não poderia deixar de ser, Iago Aspas assumiu a responsabilidade da cobrança decisiva. Com frieza, bateu o goleiro Asenjo para finalizar uma remontada inesperada. Aos 45, Aspas deixou o gramado para dar lugar a Gustavo Cabral. Ao sentar no banco de reservas e perceber o que havia acabado de protagonizar, a legenda da equipe galícia caiu em lágrimas. “Não merecemos essa torcida. A quatro pontos da permanência nos fazem essa recepção, perdendo de 2 a 0 em casa”, disse após a partida, ainda emocionado pela vitória que deixa a equipe a um ponto de Villarreal e Valladolid. “É o ponto de inflexão que o elenco precisava. Só dependemos de nós mesmos”, finalizou.