Hulk sonha em jogar a Premier League e se declara torcedor do Arsenal

O atacante revelou que sempre quis jogar na Inglaterra e sempre gostou do futebol dos Gunners

No Brasil, Hulk teve uma carreira de pouca duração como profissional. Logo aos 19 anos o paraibano foi negociado pelo Vitória com o Kawasaki Frontale, do Japão. Depois de uma passagem de três anos pela Ásia, sua primeira no continente, o atacante se transferiu para o Porto, onde ele estourou e foi multicampeão. Enquanto esteve atuando pelos Dragões e quando deixou Portugal, muito se falava sobre uma possível ida de Hulk à Premier League. Era especulação atrás de especulação, principalmente de tablóides ingleses, ligando o nome do brasileiro a clubes da ilha. Mas o destino dele acabou sendo São Peterburgo, onde atuou com a camisa do Zenit até ser vendido para o Shanghai SIPG. Apesar da ida para a Inglaterra não ter passado de hipóteses em sua trajetória até então, Hulk confessou que jogar a Premier League é um sonho para ele ainda hoje.

VEJA TAMBÉM: Segundo Hulk, foi ele quem convenceu Oscar a se transferir para a China

“Sempre falei que a Inglaterra sempre foi um campeonato que eu admirei muito. Sempre tive o sonho de jogar o Campeonato Inglês devido à competitividade. É um campeonato é muito competitivo, em todos os jogos os estádios estão sempre cheios, independente de qual time que está jogando, e eu sempre tive vontade de jogar lá”, admitiu o brasileiro em entrevista à Sport TV, de Portugal.

“Desde que eu cheguei no Porto, sempre houve especulações sobre eu ir para a Inglaterra. Nunca aconteceu, minha vida foi traçada um pouco diferente e distante do futebol inglês. Mas é um futebol que eu acompanho muito. Nunca se sabe, né, meu contrato acaba daqui a três anos, posso ir quando acabar, posso ir antes, está na mão de Deus. Mas se eu for, irei muito feliz, porque admiro muito o futebol inglês”.

Hulk ainda apontou um time que nutre um certo carinho desde sempre, como ele mesmo disse. “Sempre torci para o Arsenal”, revelou o atacante. “É um time que joga um futebol muito bonito e sempre gostei da sua forma de jogar, mas que, infelizmente, não tem vencido troféus nos últimos anos”, complementou.

Como bem lembrou o jogador, seu vínculo com o Shanghai SIPG dura até 2020, e uma transferência ao Emirates ou a qualquer outra casa de algum time inglês faria o clube ter que desembolsar muita grana para bancar seu salário, que é algo em torno de £ 330 mil por semana, de acordo com uma publicação do jornal britânico Daily Mail do fim do ano passado. É o quarto atleta do futebol mais bem pago do mundo, superando até mesmo Neymar.