O Liverpool joga apenas na segunda-feira, contra o Swansea, fora de casa, mas houve grandes filas de torcedores para entrar em Anfield no último sábado. O motivo? Apoiar um velho conhecido. Steven Gerrard sentou-se no banco de reservas do estádio como treinador pela primeira vez na sua iniciante carreira e contou com uma presença maior do que o comum para uma partida de quarta rodada FA Youth Cup, mas o seu Liverpool sub-18 foi derrotado pelo Arsenal, por 3 a 2, na prorrogação.

LEIA MAIS: Carragher: Firmino é um dos jogadores mais subestimados da Premier League. Concorda?

 

As jovens equipes do Liverpool geralmente mandam suas partidas na sede das categorias de base, em Kirkby, mas Gerrard pediu que a partida fosse realizada em Anfield para dar aos rapazes uma experiência próxima de um jogo profissional. Foi a primeira vez que o time sub-18 jogou no estádio desde 2013.

“Foi minha ideia pedir por Anfield porque, quando eu era jovem e antes de jogar em Anfield, era um sonho”, afirmou. “É o que eu sempre quis e nunca vou esquecer a experiência de jogar em Anfield como criança. É importante que os jogadores tenham essa experiência. Preparar-se para um jogo em um sábado, às 15h, em um estádio icônico, com público aparecendo para assistir, isso traz pressão que será ainda maior na carreira deles. Nos dá a chance de julgá-los neste ambiente porque precisamos saber como eles lidam com esse tipo de pressão”.

Jürgen Klopp liberou todos os ambientes de Anfield para o sub-18 e inclusive ofereceu o seu escritório, caso Gerrad quisesse utilizá-lo. “Eu gosto da ideia de dar essa experiência para os garotos. Não apenas para Steven, ele já passou por isso. Mas, para o sub-18, é fantástico jogar em Anfield”, afirmou. “Se você é um torcedor do Liverpool, vá para o jogo e aproveite a atmosfera. E crie uma atmosfera. Seria fantástico se milhares de pessoas cantassem You’ll Never Walk Alone. Há espaço o bastante em Anfield. Leve o barulho para lá”.

A torcida atendeu ao pedido de Klopp. A lendário arquibancada Kop foi aberta, e a entrada foi grátis para quem tem o carnê de temporada do Liverpool. Ingressos avulsos foram vendidos a £ 3 para adultos e £ 1 para crianças. Mas tanto público também causou problemas. Torcedores foram às redes sociais reclamar que no intervalo ainda havia fila para entrar no estádio. Ao Liverpool Echo, um porta-voz do clube pediu desculpas. “A maioria dos torcedores não era dona de carnê de temporada, o que significou que os ingressos precisaram ser comprados antes da entrada”, explicou. “Agradecemos todos os torcedores que foram ao jogo”.

O Arsenal saiu na frente com um gol de Robbie Burton, aos 16 minutos. Mas Curtis Jones, antes e depois do intervalo, virou o jogo para o Liverpool. Nos cinco minutos finais, Bukayo Saka empatou para os Gunners, forçando a prorrogação. No tempo extra, Tyreece John-Jules fez 3 a 2 para os visitantes e decretou que a estreia de Gerrard em Anfield não tivesse um final feliz.


Os comentários estão desativados.