Holanda

Atacantes do PSV aprenderão com um dos melhores que já existiram: Van Nistelrooy

Se tem algo de que os atacantes que se desenvolvem nas categorias de base do PSV Eindhoven não podem reclamar é de falta de referência. Olhando as décadas passadas do clube, a garotada pode encontrar ótimos exemplos de atacantes que defenderam a camisa dos Boeren e seguiram suas carreiras em outros cantos para se tornar goleadores reconhecidos mundialmente: Romário, Ronaldo e Van Nistelrooy. Este último, em especial, poderá exercer de maneira mais direta sua influência sobre a nova safra de atacantes da equipe de Eindhoven, já que, a partir da próxima temporada, será responsável pela preparação dos jogadores de ataque das equipes sub-17, sub-19 e do time B do PSV.

VEJA TAMBÉM: Golaços, jogadas coletivas e bem trabalhadas: nem pareceu o Manchester United desta temporada

Desde a saída de Van Gaal da seleção holandesa e da contratação de Guus Hiddink para o cargo, Van Nistelrooy vinha trabalhando como assistente técnico da Oranje. Sobreviveu mesmo à queda de Hiddink e à chegada de Danny Blind. A Federação Holandesa valoriza o conhecimento acumulado pelo ex-goleador de Manchester United e Real Madrid e contava com ele para a montagem do time que buscará um lugar na Copa de 2018. Agora, no entanto, Van Nistelrooy assume um posto diferente na equipe que o projetou para o futebol mundial e de onde saiu para brilhar pelo United em 2001. “Estou muito ansioso pelo meu novo trabalho no PSV, onde irei ajudar os jovens atacantes a maximizarem seu potencial”, afirmou o ídolo holandês, em declaração publicada pela Sky Sports.

Considerando que Van Nistelrooy era assistente técnico na seleção holandesa, o novo cargo no PSV pode sugerir um passo para trás em uma potencial caminhada para que o ex-goleador um dia se torne técnico, mas, levando em conta seu envolvimento com o futebol desde que se aposentou, em 2012, e o fato de que ainda tem 39 anos, ainda é muito cedo para descartar o ex-atacante à frente de um time, na beirada do campo, algum dia.

Conhecedor da pequena área e dos atalhos até às redes, Van Nistelrooy provavelmente pode fazer mais diferença como mentor desses garotos do PSV do que como assistente neste momento. Pelo menos é o que os 95 gols em 150 jogos pelo Manchester United, ao longo de cinco anos, e as 35 vezes em que balançou as redes pela Oranje, em 70 partidas, indicam.

Relembre alguns dos melhores gols da carreira de Van Nistelrooy:

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo