O técnico da seleção inglesa, Roy Hodgson, enalteceu o comprometimento de John Terry com a seleção inglesa ao falar sobre a aposentadoria do jogador do English Team. Terry considerou a situação com a Football Association “insustentável” e disse que não jogaria mais pela seleção. Hodgson lamentou perder um jogador como Terry, mas aceitou a decisão.

“Eu gostaria de agradecer John Terry pelo seu comprometimento com a Inglaterra desde que eu me tornei técnico”, afirma Hodgson em nota divulgada à imprensa. “Eu estou decepcionado, é claro, por perder um jogador da experiência internacional e expecional habilidade como John”, explicou o treinador.

“Eu tive um bom relacionamento com John durante o meu tempo como técnico da Inglaterra e eu relutantemente aceito a decisão dele. Eu posso confirmar também que ele teve a gentilizeza de me ligar para anunciar antecipadamente a sua aposentadoria da seleção da Inglaterra”, revelou ainda o técnico.

“Eu gostaria de desejar a John o melhor para o future com o Chelsea”, finalize o comunicado do treinador da seleção inglesa.