Roy Hodgson segue fazendo mistério sobre quem comandará o ataque da seleção inglesa contra a Ucrânia, pela segunda rodada da Euro 2012. No entanto, o treinador não tem dúvidas sobre a importância de Wayne Rooney para o English Team, suspenso pelos dois primeiros da competição.

“Danny Welbeck foi muito bem contra a França. Penso que ele merece ser titular. Mas também gosto de Carroll. Sua atuação contra a Noruega me impressionou e não hesitaria em usá-lo, assim como fiz com Defoe. E nossa real carta na manga é Rooney. Ele está em forma e mal pode esperar para estar em campo. Você só pode ver benefícios tendo um jogador dessa qualidade em seu time”, disse.

Quem também comentou a ausência do camisa 10 foi o capitão Steve Gerrard: “Wayne está bem, apesar de frustrado pelo fato de que só poderá estrear no final da fase de grupos. Mas ele está lidando bem com a situação e ansioso para mostrar o que pode fazer por nós. Esperamos que estejamos em uma situação confortável para a classificação quando ele voltar. Ele pode fazer a diferença e nos garantir nas quartas de final”.

Na partida contra a França, na estreia da competição, a Danny Welbeck iniciou a partida no ataque inglês, enquanto Jermain Defoe entrou no decorrer da partida. Rooney poderá voltar ao time apenas no dia 19, contra a anfitriã Ucrânia.