Lucien Favre, técnico do Borussia Dortmund, ganhou o apoio de sua diretoria em meio ao momento ruim vivido pelos aurinegros, mas mesmo isso veio com uma pequena sugestão de que era melhor vencer Barcelona e Hertha Berlim para sobreviver na função. Depois da derrota para os catalães pela Champions League, Favre teve sucesso no segundo teste. Resistente, o Dortmund aguentou o segundo tempo inteiro com um a menos e segurou o 2 a 1 contra o Hertha fora de casa, pela Bundesliga, subindo à quinta colocação.

O início de jogo eficaz do Dortmund dava a entender que a partida poderia ser tranquila aos visitantes. Em um intervalo de dois minutos, entre os 15 e os 17 do primeiro tempo, os aurinegros abriram 2 a 0 sobre o Hertha, com gols de Sancho e Thorgan Hazard.

O primeiro tem Julian Brandt a agradecer. O meia demonstrou visão e passe apurados para furar a linha de marcação dos berlinenses e deixar Sancho em posição confortável para marcar. Já Hazard contou com assistência precisa de Hakimi para fazer o 2 a 0 em finalização fácil.

Logo na sequência, o Dortmund chegou muito perto de marcar o terceiro. Depois de jogada ensaiada na bola parada, Manuel Akanji apareceu sozinho dentro da área para finalizar de cabeça, mas o goleiro Thomas Kraft agarrou com segurança.

O Hertha passou a reagir, especialmente com Dodi Lukebakio, pela ponta direita. Em uma primeira tentativa, aos 31 minutos, o belga mostrou habilidade ao se livrar da marcação de Zagadou com dribles ágeis e bater para a defesa de Bürki. Dois minutos depois, foi limpando a marcação enquanto ia para o meio e, da meia-lua, arriscou o chute. No meio da caminho, a bola desviou no pé de Darida e entrou: 2 a 1.

A reta final do primeiro tempo foi quente para o Borussia Dortmund. Mats Hummels, que havia recebido cartão amarelo aos 19 minutos, cometeu outra falta para amarelo, em Davie Selke, levou o segundo e foi expulso antes mesmo do intervalo. Lukebakio, na cobrança de falta, quase igualou, mas a bola passou rente ao ângulo superior esquerdo de Bürki.

Classificações Sofascore Resultados

Logo após o início do segundo tempo, o Hertha Berlim empatou o jogo com Selke, mas o atacante estava impedindo, e a verificação no VAR confirmou a posição ilegal. O lance foi um duro golpe ao ímpeto do time da casa.

Os berlinenses ainda pressionaram em busca do gol de empate na reta final da partida, mas o Dortmund se segurou firme e voltou a vencer na Bundesliga, depois de derrota por 4 a 0 para o Bayern de Munique e empate em 3 a 3 com o lanterna Paderborn, que chegou 3 a 0 sobre os aurinegros.

O triunfo é apenas o primeiro passo de uma necessária reação ao time de Favre, que segue bastante ameaçado no cargo. Ainda assim, veio com seus motivos para comemoração além do resultado.

Em meio a especulações e ruído extracampo, Sancho voltou a ser titular e marcou novamente. Brandt, contratação desta temporada, se destacou com seu envolvimento ofensivo. Por fim, coletivamente, se agarrar à vitória jogando todo o segundo tempo com um a menos é o tipo de coisa que dá impulso para as rodadas seguintes. Se isso será possível para manter Favre no clube a longo prazo, aí é outra história.