O Monaco vive um péssimo momento e o jogo deste sábado foi para piorar ainda mais a situação. Mesmo jogando em casa, o Monaco foi goleado pelo Estrasburgo por 5 a 1 e continua afundado na zona do rebaixamento. Foi a segunda vitória do Estrasburgo sobre o Monaco nesta temporada, depois dos 2 a 1 no primeiro turno. O técnico dos monegascos, Thierry Henry, estava com lágrimas nos seus olhos no banco de reservas, enquanto via o seu time sofrer uma derrota pesada.

LEIA TAMBÉM: PSG se vingou de forma cruel do Guingamp, algoz na Copa da Liga: 9 a 0 no Parque dos Príncipes

A goleada não é por acaso. O Estrasburgo faz uma campanha surpreendente e tem um ataque mortal: é o segundo melhor da Ligue 1 com 37 gols, atrás apenas do líder PSG (62 gols). O time de Thierry Laurey é um dos mais envolventes na liga. E teve a missão facilitada logo no início do jogo, aos sete minutos, quando Naldo foi expulso. E com um a menos o jogo todo, o Monaco foi superado facilmente.

Cesc Fàbregas, um dos principais reforços do time, fez pouco em campo. Mais do que isso, perdeu uma bola no segundo tempo que resultou em gol dos adversários. O Estrasburgo também teve um jogador expulso no segundo tempo, Stefan Mitrovic, que é, aliás, o líder em cartões na Ligue 1 – são sete amarelos e dois vermelhos até aqui.

Quem mais brilhou no jogo foi o atacante Ludovic Ajorque, com três gols marcados, o primeiro deles com assistência de Kenny Lala, líder neste quesito na liga, com sete. Marcaram também Adrien Thomasson, Ibrahima Sissoko e Youssouf Fofana. Foi uma grande atuação do Strasburgo, que é o quinto colocado na liga com 32 pontos em 21 jogos. Faz campanha em que briga, efetivamente, por uma vaga na Liga Europa.

O Monaco, por sua vez, vive uma situação muito complicada. Em 21 jogos, o time tem 15 pontos, em 19º lugar. O primeiro time fora da zona do rebaixamento, o Amiens, 17º, tem 18 pontos. Será preciso uma reação, algo que o técnico Thierry Henry ainda não conseguiu. Em 19 jogos com o ex-jogador no comando do Monaco, são apenas quatro vitórias, cinco empates e 10 derrotas. O time marcou apenas 13 gols e sofreu impressionantes 32. O time caminha para uma temporada desastrosa. A única boa notícia durante o jogo foi o gol de Radamel Falcao, o único que esteve em um bom nível.

Será que o Monaco ainda tem salvação? A temporada já está na metade final e o time ainda não mostra poder de fogo suficiente. Ainda é possível se salvar, mas o time tem sofrido em todos os jogos. Será preciso melhorar. E muito.