Após conquistar apenas uma vitória em 13 partidas disputadas no Campeonato Espanhol, o técnico argentino Héctor Cúper pediu demissão do Racing de Santander nesta terça-feira, em reunião com a diretoria do clube realizada enquanto os jogadores treinavam.

Cúper, 56 anos, deixa o emprego exatamente cinco meses após ter sido confirmado no cargo, em 29 de junho. A decisão foi tomada após a derrota por 2 a 1 para o Mallorca, ex-clube de Cúper, no domingo, pela 14ª rodada do Campeonato Espanhol. O Racing, com apenas nove pontos na tabela, é o último colocado.

O argentino, que foi vice-campeão da Liga dos Campeões em 1999/00 e 2000/01 com o Valencia, é o segundo técnico a se demitir na temporada 2011/12. O primeiro foi Michael Laudrup, do Mallorca.


Os comentários estão desativados.