O líder do Campeonato Escocês está sem técnico. George Burley deixou o Hearts neste sábado. Não foram divulgados os motivos da surpreendente saída do treinador, mas a diretoria diz que ela aconteceu ´´por consenso´´.

Burley assumiu o Hearts na pré-temporada e fez um excelente início de campeonato. Com oito vitórias e dois empates em dez partidas, ele levou a equipe de Edimburgo à liderança do Campeonato Escocês. No entanto, seu relacionamento com o acionista majoritário do clube, o lituano Vladimir Romanov, era conflituoso.

Coincidência ou não, a saída de Burley acontece um dia depois de Romanov ter feito uma oferta pública para comprar todas as ações do Hearts e tornar-se o único dono do clube. O milionário lituano já fez acordos que elevaram sua participação acionária para 70% e espera-se que ele não tenha dificuldade para chegar aos 90% necessários para tomar controle total do time.