Cada vez se torna mais intenso o noticiário sobre as tratativas do Chelsea com o Stoke City, em busca da contratação de Peter Crouch. Mas enquanto Antonio Conte parece desesperado em busca de um centroavante, Eden Hazard pensa diferente. O craque dos Blues apontou para outra direção, dizendo que sua equipe precisa atuar com a bola no chão, como fez em sua última vitória pela Premier League, goleando o Brighton por 4 a 0. Além disso, o belga ressaltou a sua confiança nos companheiros, respaldando os criticados Alvaro Morata e Michy Batshuayi.

“O futebol é simples: mantenha a bola no chão e tente jogar, como fizemos contra o Brighton. Quem é o melhor time nesta temporada? O Manchester City. Os atacantes, Jesus e Agüero, não são altos. Isso é simples. Depende da maneira como você quer jogar. Se deseja apostar nas bolas longas, precisa de um centroavante. Se prefere manter no chão, precisa de caras pequenos e ágeis. Depende”, declarou Hazard.

“Eu acho que temos dois ótimos homens de frente, com Alvaro e Michy. Se eles ainda não estão prontos para jogar, eu posso atuar como atacante, então não acho que precisamos de outro jogador. Porque perdemos chances as pessoas dizem que devemos contratar, mas se marcássemos mais, teríamos o melhor ataque da liga e ninguém diria isso. Depende da forma do time, e acho que estamos felizes com o elenco que temos”, complementou.

A goleada sobre o Brighton foi reiterada como exemplo pelo belga: “Você precisa de confiança. Quando marca o gol cedo, isso se torna mais fácil, porque você se enche de confiança desde o início. Quando você vê o segundo gol que marcamos, com o Willian, é um dos mais bonitos do campeonato, porque criamos o movimento com toques de primeira, e então ele finalizou muito bem. Queremos fazer isso mais vezes. Talvez um grandalhão possa fazer isso também! Mas somos mais entrosados pelo chão, é mais fácil fazer a jogada que trabalhamos no treinamento”.

Por fim, questionado sobre a possibilidade de se transferir ao Real Madrid, após declarações de seu pai, Hazard brincou com a situação e mais uma vez afastou os rumores: “Meu pai disse algumas coisas ruins sobre esse rumor. Sim, eu falei com ele. Não há preocupações. Estou focado no Chelsea. Tenho dois anos de contrato e estou feliz aqui. Como disse várias vezes antes, quero fechar a temporada e então veremos o que acontecerá. Mas estou feliz aqui”.