Um dos melhores jogadores da Copa do Mundo, Eden Hazard disse depois da vitória do Chelsea sobre o Arsenal que não irá deixar o clube. Depois de ter falado na Rússia que “talvez fosse o momento de algo diferente”, ele confirmou que irá permanecer no clube de Stamford Bridge. O que é uma notícia enorme para os torcedores e para o técnico Maurizio Sarri. Hazard é o melhor jogador do elenco do Chelsea, tecnicamente falando. E a sua Copa o credencia como um dos melhores do mundo. Para um clube que precisará de toda força possível para brigar contra times como o Manchester City, jogadores desse nível são cruciais.

LEIA MAIS: Hazard: “Depois de seis anos maravilhosos no Chelsea, talvez seja a hora de algo diferente”

“Todo mundo sabe o que eu falei depois da Copa do Mundo. Mas eu estou feliz aqui”, disse o jogador à RMC Sport. “Muito foi falado. Muita estupidez também. Mas no momento eu estou feliz”, continuou. “Eu tenho mais dois anos de contrato e veremos o que acontece. Sair esse ano? Não vou. A janela de transferências está fechada na Inglaterra. Os clubes ainda podem vender jogadores, mas não podem contratar novos mais. Seria um pouco estranho que eles me vendessem agora que eles não podem contratar uma reposição”.

Depois da venda de Thibaut Courtois, que foi para o Real Madrid, havia o temor que Hazard também deixasse o clube. Aos 27 anos, ele ainda não está em condições físicas ideias, segundo o técnico Maurizio Sarri, e por isso começou no banco de reservas nos dois primeiros jogos da Premier League. Mesmo assim, fez diferença com a jogada do gol da vitória, de Marcos Alonso. “Nós pudemos ver hoje que os torcedores me amam. Eu estou bem aqui. Nós veremos o que acontecerá em um ano ou dois”.

Segundo informações da ESPN britânica, o Chelsea está tentando renovar o contrato do jogador, com um aumento de salário. O camisa 10 do Chelsea e da seleção da Bélgica foi destaque na boa campanha dos belgas na Copa do Mundo da Rússia, que terminou com o time em terceiro lugar batendo a Inglaterra na disputa de terceiro lugar.

Om Hazard, o Chelsea é certamente muito mais forte. Não haveria como repor a sua saída, mesmo que a janela de transferências estivesse aberta. Um jogador desse nível exigiria um gasto tão grande ou maior do que se arrecadaria com a sua saída. Por isso, é difícil imaginar que o Chelsea aceitasse qualquer proposta pelo jogador. Como ele mesmo já deixou claro que fica, ou seja, não forçará a saída, é uma excelente notícia para os torcedores e para Sarri, que contará com um craque.


Os comentários estão desativados.