Harry Kane marcou seu primeiro gol em 2020 e, não por coincidência, o Tottenham voltou a ganhar um jogo, nesta terça-feira, após sete partidas consecutivas sem vitória, ao bater o desesperado West Ham, por 2 a 0, no norte de Londres.

O último tento de Kane havia sido em 28 de dezembro, no empate por 2 a 2 contra o Norwich. O capitão da seleção inglesa machucou-se no primeiro dia do novo ano e retornou aos gramados contra o Manchester United, na última sexta-feira, no primeiro jogo dos Spurs depois da paralisação por causa da pandemia de coronavírus.

A relação entre gols de Kane e bons resultados do Tottenham costuma ser verdadeira. O artilheiro havia anotado seus 11 gols em nove diferentes rodadas, e em apenas duas os Spurs perderam: 2 a 1 para o Leicester e para o Liverpool.

Sem o seu artilheiro e único centroavante de fato, o Tottenham sofreu para se adaptar a outra maneira de jogar e chegou à paralisação com quatro derrotas e dois empates, que incluíram eliminações na Champions League e na Copa da Inglaterra.

Na retomada da Premier League, empatou por 1 a 1 contra o Manchester United e precisava vencer o West Ham para manter qualquer chance prática de ser pelo menos quarto colocado ou se ficar próximo do quinto lugar, que pode render vaga na próxima Champions League caso a punição ao Manchester City seja ratificada pela Corte Arbitral do Esporte.

A boa notícia é que não anda difícil vencer o West Ham, agora com oito derrotas em 11 rodadas sob o comando de David Moyes e olhando para o precipício da segunda divisão, embora tenha um elenco caro e qualificado, cujas contas serão bem difíceis de pagar sem as receitas da Premier League.

Não foi um jogo dos mais emocionantes. Lucas exigiu boa defesa de Fabianski com um chute de fora da área em um primeiro tempo que praticamente se resumiu ao Tottenham girando a bola em busca de espaços. Encontrou com Son, na reta final da etapa. O sul-coreano chegou a colocar a bola na rede, mas estava impedido. Lucas teve outra grande oportunidade na sequência e desperdiçou com um chute de dentro da área para fora.

O placar foi aberto 19 minutos depois do intervalo, meio que por acaso, quando cobrança de escanteio de Lo Celso pela esquerda desviou em Tomás Soucek e cruzou a linha de Fabianski. O West Ham quase empatou com uma bola na trave de Jarrod Bowen e, lançado ao ataque, sofreu o segundo gol, marcado por Kane, que arrancou em contra-ataque do meio-campo, após passe de Son, e simplesmente tocou na saída de Fabianski.

O West Ham parou em 27 pontos, uma posição acima da zona de rebaixamento, e pode ser ultrapassado pelo Bournemouth, que enfrenta o Wolverhampton, ou pelo Aston Villa, que pega o Newcastle, nesta quarta-feira, fora de casa.

O Tottenham chegou a 45, em sétimo lugar, um atrás de Wolverhampton e Manchester United, e a seis do Chelsea, com um jogo disputado a mais.

.

.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

.

.