O Schalke 04 começou a Bundesliga vacilante, com dois tropeços nas duas primeiras rodadas. No entanto, os Azuis Reais dão esperanças à sua torcida com a boa sequência recente. A equipe de David Wagner emendou três vitórias consecutivas e, provisoriamente, se equipara ao RB Leipzig no topo da tabela. Houve certa dose de sofrimento nesta sexta, em duelo contra o Mainz 05 na Veltins Arena, mas os anfitriões buscaram a vitória por 2 a 1. Grande talento da equipe, Amine Harit teve papel decisivo, com direito a um belo gol de trivela aos 44 do segundo tempo.

A partida era razoavelmente aberta durante o primeiro tempo, embora o Schalke 04 ameaçasse mais. Os Azuis Reais foram premiados com o gol aos 36. Após uma roubada de bola no campo de ataque, Harit achou um passe preciso no meio da área e conectou com Suat Serdar livre. O meia dominou e bateu firme, fazendo valer a “lei do ex”. Guido Burgstaller quase ampliou antes do intervalo, mas sua acrobacia seguiu para fora.

No segundo tempo, a partida ainda permanecia sem dono e o Mainz cresceu depois das alterações. O empate veio de maneira brilhante, aos 29. Karim Onisiwo dominou no bico da grande área e, mesmo com marcação dupla, conseguiu acertar um lindo chute colocado. Mandou a bola na gaveta, sem chances de defesa para o goleiro Alexander Nübel.

Os 15 minutos finais viram uma partida mais intensa. O Schalke acelerou o passo e começou a atacar em busca da vitória, mas esbarrava no goleiro Robin Zentner. Ficava claro que a partida dependeria de um lampejo individual, e ele veio no apagar das luzes. Harit recebeu na direita, se livrou da marcação, chegou à linha da grande área e bateu com nojo na bola. A trivela fez a curva perfeita para se esquivar do defensor e entrou no cantinho.

Depois de uma temporada em que ficou devendo, Harit já tem números melhores na atual campanha. São três gols e uma assistências em cinco partidas. Aparece entre os destaques individuais da Bundesliga. Já o Schalke pode ter se beneficiado da sequência tranquila, mas salta para as primeiras colocações. Que a Champions pareça um objetivo duro, se manter longe da zona de rebaixamento e rondar a Liga Europa é algo totalmente palpável aos Azuis Reais. Na outra ponta da tabela, o Mainz se preocupa, na antepenúltima colocação.