A Internazionale havia colecionado duas derrotas nas primeiras rodadas da Liga Europa e precisava vencer o Southampton de qualquer jeito, sob o risco de acrescentar mais um vexame a uma temporada já bastante complicada – lembrando: ainda estamos em outubro. Conseguiu, mas não foi fácil. Mesmo no San Siro, foi dominado pelos ingleses, que não arrancaram um empate ou uma virada graças aos milagres de Samir Handanovic.

LEIA MAIS: Este domingo tem tudo para ter sido um dos piores dias da vida de Icardi

A Internazionale deu um chute certo a gol, trocou 100 passes a menos que os visitantes e, no geral, nunca pareceu muito ameaçadora. Exceto quando Candreva completou passe de Santon e fez o único gol da partida, aos 22 minutos do segundo tempo. Depois desse lance, o Southampton continuou no controle e poderia ter empatado tranquilamente não fosse Handanovic, que executou duas defesas à queima-roupa. Primeiro, em tentativa de Virgil van Dijk. Segundo, em finalização de Tadic, que surgiu do rebote de um corte em cima da linha feito por Nagatomo.

Foi por pouco, mas a Inter venceu e respira na Liga Europa: tem três pontos, contra quatro de Hapoel Beer Sheva e Southampton e seis do Sparta Praga.