O Hamburg anunciou nesta segunda-feira a demissão do técnico Bruno Labbadia, apenas três dias antes de decidir contra o Fulham sua classificação para a final da Liga Europa. Labbadia pagou o preço pela goleada de 5 a 1 sofrida para o Hoffenheim, que deixou o time em sétimo lugar na Bundesliga a duas rodadas do final.

Na competição continental, o Hamburg precisará vencer ou empatar com gols em Londres após ficar no 0 a 0 na última quinta-feira, no jogo de ida. O time terá a oportunidade de fazer a final em seu estádio caso se classifique.

“Analisamos a situação e vimos que, do jeito que as coisas estavam, não teríamos sucesso contra o Fulham”, declarou o presidente Bernd Hoffmann. “Era o último momento para reagirmos e mantermos em vista o objetivo da Liga Europa”.

O auxiliar holandês Ricardo Moniz dirigirá a equipe nos últimos jogos da temporada. Com Labbadia, o Hamburg venceu apenas quatro dos 15 jogos pelo campeonato nacional desde a pausa de inverno. Curiosamente, ele já havia sofrido uma queda de rendimento em seus últimos jogos com o Bayer Leverkusen, na temporada passada.