O Viitorul vencia o Astra Giurgiu, por 1 a 0, no confronto entre os líderes da primeira divisão da Romênia. Aos 40 minutos do primeiro tempo, Romario Benzar levou uma entrada na lateral de campo, caiu perto do seu banco de reservas e chamou os médicos. Ficou no chão tranquilamente esperando o atendimento, quase tirando um cochilo, e deixou um personagem específico que queria que o jogo continuasse bem irritado: o seu próprio técnico Gheorghe Hagi.

LEIA MAIS: Os 50 anos de Hagi, o craque da Romênia que não conseguiu repetir 1994 nos clubes

Ao ver a enrolação de Benzar, Hagi saiu correndo do banco de reservas, empurrou os médicos para longe do jogador e mandou ele voltar a campo. Foi um bonito gesto de fair play, mas vale lembrar também, ainda era muito cedo para qualquer um começar a fazer cera. Havia mais 50 minutos de jogo pela frente, tanto que o Viitorul de Hagi levou a virada e perdeu por 2 a 1. Agora, está em segundo lugar, com 32 pontos, contra 36 do Astra Giurgiu.