Times: Braga (POR), Club Brugge (BEL), Maribor (ESL) e Birmingham City (ING)
Craques: Nuno Gomes (A, Braga), Jean Beausejour (M, Birmingham), Vadis Odjidja-Ofoe (M, Club Brugge) e Jasmin Handanovic (G, Maribor)
O confronto: Braga x Birmingham – Enquanto o Birmingham nunca jogou contra portugueses em copas europeias, o Braga junta boas e más lembranças dos ingleses. Afinal, foi a vitória sobre o Liverpool na última Liga Europa que consolidou os Arsenalistas em sua caminhada ruma à decisão. Da mesma forma, o clube sofreu suas duas maiores derrotas para súditos da rainha – 6 a 0 para Arsenal em 2010 e também para o Tottenham em 1985.
Definição do grupo: Exército de um time só

Atual vice-campeão da Liga Europa, desta vez o Braga começa a disputa desde a fase de grupos. E, mais importante, sem o técnico Domingos Paciência, grande mentor daquele time. Por enquanto, os resultados do time estão sob controle. Invicto depois de quatro rodadas no Campeonato Português, os Minhotos passaram pelo Young Boys após dois empates, graças aos gols marcados fora de casa. A equipe, agora sob a batuta de Leonardo Jardim, perdeu nomes significativos na defesa, mas conseguiu realizar bem a reposição. Entretanto, as atenções ficam voltadas para o veterano Nuno Gomes, o reforço que mais impõe respeito aos adversários.

O Birmingham, por sua vez, vem para honrar aquela máxima que diz que a Liga Europa é a “segunda divisão do continente”. Afinal, os britânicos são, de fato, os únicos participantes longe da elite nacional. Rebaixados na Premier League, os Blues arranjaram a sua vaga após o título na Copa da Liga. Participante costumeiro da antiga Copa das Feiras, o clube volta a um torneio europeu depois de 49 anos. Após a ida do técnico Alex McLeish ao Aston Villa, Chris Houghton assumiu o cargo e, por enquanto, não obteve uma sequência de resultados confiável. O elenco, por sua vez, também sofreu uma reformulação pesada. Além de veteranos como Beausejour e Carr, o destaque é o jovem Chris Wood, emprestado pelo West Brom.

Quarto colocado nos playoffs do Campeonato Belga, o Club Brugge também é candidato à próxima fase. O FCB negociou jogadores fundamentais, como Perisic e Ronald Vargas, e mesmo assim tem desempenhado um bom papel neste início de temporada. Tal fato se explica pela rápida adaptação dos novatos, como Refaelov, Vleminckx, Almebäck e Zimling, todos membros de seleções nacionais. Candidato à lanterna, o Maribor foi o algoz do Glasgow Rangers no torneio. Sem muitas perdas e ganhos na janela de transferências, o campeão esloveno deposita a sua confiança sobre os meias Mezga e Mertelj e o goleiro Jasmin Handanovic – primo de Samir, titular da Udinese.