Times: Maccabi Tel-Aviv (ISR), Besiktas (TUR), Dynamo Kiev (UCR) e Stoke City (ING)
Craques: Oleh Husyev (M, Dynamo), Peter Crouch (A, Stoke City), Guti (M, Besiktas) e Roberto Colautti (A, Maccabi Tel-Aviv)
O confronto: Dynamo Kiev x Besiktas – Em seis confrontos entre as equipes por competições continentais, o Dynamo possui larga vantagem. São quatro vitórias (três delas por goleada) e a incrível média de três gols por jogo. Nos últimos confrontos, pela Liga Europa 2010/11, os ucranianos não tiveram piedade e, com quatro gols em Kiev e outros quatro em Istambul, somaram 8 a 1 no placar agregado.
Definição do grupo: O bicho vai pegar

Duas vezes campeão da Copa da Uefa, o Dynamo Kiev tenta diminuir o abismo de 25 anos sem um título continental. Vice-campeão ucraniano, o clube sucumbiu para o Rubin Kazan nas etapas de classificação da Champions, mas ao menos se assegurou na fase de grupos da Liga Europa após bater o Litex Lovech. Sem grandes movimentações na janela de transferências além dos jovens Haruna e Dudu, o técnico Yuri Semin mantém a base solidificada em vários jogadores da seleção local, como Husyev, Yarmolenko e Milevsky. Em contrapartida, a equipe perdeu Roman Eremenko, peça importante no meio-campo. Em uma chave equilibrada, a boa largada na liga nacional, na qual permanece invicto, credencia o Dynamo por uma das vagas.

Depois de 36 anos fora de torneios da Uefa, o Stoke City também é forte candidato à classificação. Os Potters ficaram apenas em 13º no Campeonato Inglês, mas conseguiram a vaga na Liga Europa após o vice na FA Cup – e a classificação do City para a Champions. E o desempenho até aqui tem sido satisfatório, com quatro vitórias sobre Hajduk Split e Thun nas fases de qualificação. O elenco, que já tinha as suas qualidades, ainda ganhou reforços valiosos, como Wilson Palacios e Peter Crouch. Além disso, o clube sabe como poucos aproveitar o mando de campo. Entre o início da temporada passada e as primeiras rodadas da atual, o Stoke levou dois terços dos pontos disputados no Britannia Stadium.

O Besiktas, no papel, também comporia a disputa acirrada pelo topo do grupo, mas o estado de espírito do time coloca em xeque esta posição. As Kara Kartallar estiveram envolvidas com o escândalo de manipulação de resultados na Turquia e, ainda que o clube não tenha sido penalizado, até mesmo o técnico Tayfur Harvutçu foi preso. Como resultado, o time de Quaresma e Guti sofreu até para eliminar o inferior Alania Vladikavkaz.  Longe do favoritismo, o Maccabi Tel-Aviv teve que passar por três fases de classificação, batendo o Panathinaikos na última delas. Os principais nomes do time são o camisa 10 Medunjanin e os atacantes Atar e Colautti, que juntos marcaram nove gols nas etapas anteriores da Liga Europa.