Times: Vaslui (ROM), Zürich (SUI), Sporting (POR) e Lazio (ITA)
Craques: Hernanes (M, Lazio), Marat Izmailov (M, Sporting), Alexandre Alphons (A, Zürich) e Wesley (A, Vaslui)
O confronto: Sporting x Lazio – Se algum jogador da Lazio perder o caminho do gol contra o Sporting, Miroslav Klose ensina. O atacante alemão marcou dois gols e serviu duas assistências contra os portugueses pelas oitavas de final da Champions de 2008/09. Após aplicarem 5 a 0 em pleno José Alvalade, os bávaros repetiram a dose na Allianz Arena com um sonoro 7 a 1.
Definição do grupo: Esse ficou fácil

Depois de uma campanha bastante consistente na Serie A, a Lazio quer mostrar que pode retomar o período de glórias também em outros territórios da Europa. A última grande glória dos Biancocelesti foi na extinta Taça das Taças de 1999. Agora, com um elenco entrosado e bons reforços, o técnico Edy Reja tem os ingredientes necessários para uma boa campanha. Os recém-contratados Klose e Cissé estão inscritos na Liga Europa e são as referências no ataque. Nos outros setores, os destaques são Hernanes e Mauri. A prova final do favoritismo veio na qualificação, quando as Águias somaram 9 a 1 no placar agregado sobre o pequeno Rabotnicki Skopje, da Macedônia.

A hegemonia dos italianos, contudo, é ameaçada pelo Sporting. Vice-campeão da Copa da Uefa em 2005, o clube não vem de resultados tão notáveis assim, mas contam com a tradição para buscar o topo do grupo. Mesmo após comprarem jogadores de qualidade, como Capel, Jeffrén, Insúa e Onyewu, os Leões começaram muito mal no Campeonato Português. A expectativa é a de que o time, agora treinado por Domingos Paciência, comece a se recuperar a partir da disputa da Liga Europa. A má notícia fica por conta do meia Elias, maior contratação da história do clube. O brasileiro disputou duas partidas da competição pelo Atlético de Madrid e não pôde ser inscrito para a fase de grupos.

Tentando cavar seu espaço, o Zürich por pouco não conseguiu um lugar na Champions. O clube suíço deixou para trás o Standard Liège, mas não resistiu ao Bayern Munique na última etapa de classificação. Sem gastar um tostão na janela de transferências, a confiança fica depositada no elenco vice-campeão nacional na última temporada. Completando o grupo, o Vaslui surpreendeu, aprontando para cima do Sparta Praga e assegurando pela primeira vez um lugar na fase de grupos de competições continentais. Mesmo sem um bom começo no campeonato nacional, as referências continuam sendo os atacantes brasileiros Wesley e Adaílton.