Todos já estão cansados de saber: nesta temporada o Campeonato Russo está se adaptando ao calendário europeu, portanto, a primeira fase foi disputada em turno e returno e agora vamos para a decisão do título e a luta contra o rebaixamento. Como?

Os oito primeiros colocados farão mais dois turnos, todos contra todos, para decidir quem fica com a taça. O campeão vai para a fase de grupos da Liga dos Campeões e o vice para a terceira fase preliminar. Terceiro, quarto e quinto colocados vão para a Liga Europa – play-offs, terceira e segunda fases, respecticamente.

As demais equipes seguem a fórmula de disputa, mas para escapar do descenso. Os dois últimos caem direto e os dois posicionados logo acima farão ainda um play-off contra o terceiro e o quarto da segunda divisão. Detalhe importante: a pontuação foi mantida para todos os times.

O Russão 2011/12 será retomado já nesta sexta-feira com dois jogos: Zenit x Anzhi e CSKA Moscou x Rubin Kazan. No final de semana o complemento da primeira rodada da fase final, no seguinte a segunda e aí paramos para a passagem do inverno. A competição retorna no início de março.

 

Guia para o título

 

Zenit São Petersburgo

61 pontos
Média de público: 19.825 (2º)
Destaque até agora: Aleksandr Kerzhakov
A surpresa positiva: Roman Shirokov
Quem precisa melhorar: Danny
Ponto fraco: fase dos seus meio-campistas não é das melhores, apesar das muitas opções
Chances: *****

CSKA Moscou

59 pontos
Média de público: 11.857 (9º)
Destaque até agora: Seydou Doumbia
A surpresa positiva: Pavel Mamaev
Quem precisa melhorar: Vagner Love
Ponto fraco: falta mais atacantes para dar opções ofensivas ao técnico Leonid Slutsky. Elenco reduzido
Chances: ****

Dynamo Moscou

55 pontos
Média de público: 9.992 (11º)
Destaque até agora: Andriy Voronin
A surpresa positiva: Aleksandr Kokorin
Quem precisa melhorar: Zvjezdan Misimovic
Ponto fraco: vulnerabilidade da sua defesa, que falhou em diversos jogos
Chances: ****

Spartak Moscou

53 pontos
Média de público: 18.822 (3º)
Destaque até agora: Aiden McGeady
A surpresa positiva: Emmanuel Emenike
Quem precisa melhorar: Demy de Zeeuw
Ponto fraco: Valeriy Karpin não consegue fazer o time ter uma boa sequência de resultados, é muito irregular
Chances: ***

Lokomotiv Moscou

53 pontos
Média de público: 14.263 (5º)
Destaque até agora: Denis Glushakov
A surpresa positiva: Maicon
Quem precisa melhorar: Felipe Caicedo
Ponto fraco: os reforços da última janela de transferências ainda não convenceram, principalmente Manuel da Costa na defesa
Chances: ***

Kuban Krasnodar

49 pontos
Média de público: 20.001 (1º)
Destaque até agora: Lacina Traoré
A surpresa positiva: Dacian Varga
Quem precisa melhorar: Frantisek Kubík
Ponto fraco: a falta de tradição e o fato de já ter cumprido com o dever (é o atual campeão da segundona) podem pesar
Chances: *

Rubin Kazan

49 pontos
Média de público: 16.828 (4º)
Destaque até agora: Gökdeniz Karadeniz
A surpresa positiva: Bibras Natkho
Quem precisa melhorar: Nelson Haedo Valdez
Ponto fraco: o ataque funcionou muito pouco, e seu meio-campo continua lento e previsível na armação pelos lados
Chances: **

Anzhi Makhachkala

48 pontos
Média de público: 14.260 (6º)
Destaque até agora: Samuel Eto'o
A surpresa positiva: Mbark Boussoufa
Quem precisa melhorar: Yuri Zhirkov
Ponto fraco: não tem técnico desde a saída de Gadzhi Gadzhiev, e desde então vem muito mal no sistema defensivo
Chances: **

 

Mini guia contra o rebaixamento

 

Krasnodar

38 pontos
Média de público: 10.620 (10º)
E agora? Vai passear

Rostov

32 pontos
Média de público: 9.916 (12º)
E agora? Vai passear

Terek Grozny

31 pontos
Média de público: 14.084 (8º)
E agora? Vai passear

Volga Nizhny Novgorod

28 pontos
Média de público: 9.780 (13º)
E agora? Até a última ponta

Amkar Perm

27 pontos
Média de público: 9.400 (15º)
E agora? Até a última ponta

Krylya Sovetov Samara

27 pontos
Média de público: 14.204 (7º)
E agora? Até a última ponta

Spartak Nalchik

24 pontos
Média de público: 5.267 (16º)
E agora? Até a última ponta

Tom Tomsk

20 pontos
Média de público: 9.433 (14º)
E agora? Já era

 

CURTAS

 

– A segunda divisão russa também está seguindo as adaptações ao calendário europeu. A competição começou com 20 times e terminará com 19, por conta da desistência do Zhemchuzhina Sochi, por problemas financeiros.

– Assim como na Premier Liga, a segundona dividiu as equipes em dois grupos após a fase regular.

– Brigam pelo título: Alaniya Vladikavkaz (73 pontos), Mordovia Saransk (73), Shinnik Yaroslav (69), Nizhny Novgorod (68), Sibir Novosibirsk (61), Dynamo Briansk (60), Ural (60) e Torpedo Moscou (60).

– Contra o rebaixamento: KAMAZ Naberezhnye Chelny (59), Yenisey (53), Khimki (48), SKA-Energiya (47), Volgar-Gazprom (47), Torpedo Vladimir (43), Luch-Energiya Vladivostok (42), Chernomorets (41), Baltika (41), Gazovik Orenburgo (38) e Fakel (30).