Pep Guardiola disse que conhece bem o Shakhtar Donetsk, adversário do Barcelona nas quartas de final da Liga dos Campeões. As duas equipes se enfrentaram na Supercopa da Uefa de 2009, sendo que os espanhóis venceram por 1 a 0 com gol de Pedro Rodríguez.

“Conhecemos bem o Shakhtar e eles também nos conhecem. Tivemos partidas apertadas com eles. É provavelmente o time com mais pontos e melhores resultados na Liga dos Campeões. É uma equipe muito forte fisicamente e com jogadores experientes. Nos custou muito ganhar deles na Supercopa”, afirmou Guardiola. “Temos que fazer boas partidas. Jogar a volta lá é uma desvantagem”, disse.

Quem também concordou que o Shakhtar tem a vantagem de jogar em casa na partida de volta foi o ex-goleiro e atualmente diretor de esporte do Barcelona, Andoni Zubizarreta. “A partida de volta é na casa dele. Nós somos especialistas em saber que é melhor jogar a partida de volta em casa. Tentaremos nos aproximar da classificação nos 90 minutos no Camp Nou.”

“É uma equipe muito trabalhada, que está jogando junto há muito tempo e com o mesmo treinador. Tem uma trajetória estável, emergente, inexperiente, mas encantado com esta Liga dos Campeões”, opiniou Zubizarreta.

Sobre a possibilidade de enfrentar o rival Real Madrid na semifinal da Liga dos Campeões, ambos afirmam não pensarem sobre isso antes do confronto com os ucranianos. “Só temos dois confrontos contra o Real Madrid [pela final da Copa do Rei e pelo Campeonato Espanhol] até este momento. Se tivermos mais, teremos que ganhar”, afirmou o técnico do Barcelona

“Agora mesmo não pensamos no Real Madrid. Há o confronto entre Real Madrid e Tottenham [pelas quartas de final] e nos não vamos nos preocupar com a semifinal antes do Shakhtar”, disse Zubizarreta.