Antoine Griezmann retomou os trabalhos no Atlético de Madrid. Campeão do mundo pela França na Copa 2018 na Rússia, o camisa 7 foi um dos melhores do Mundial e retorna ao Atlético depois de renovar o contrato com o clube. Mais do que isso, ajudou a convencer seu companheiro de seleção francesa, Thomas Lemar, a se juntar a ele no Atlético de Madrid. Foi a contratação mais cara do clube até aqui na janela, custando € 70 milhões. O jogador está animado para o início da temporada pelo novo clube, depois de passar por muitas especulações sobre uma possível transferência para o Barcelona, mas ele acabou decidindo continuar.

LEIA TAMBÉM: FM 2019 será lançado em 2 de novembro e terá oficialmente a Bundesliga

“Havia perdido duas finais com o Atlético, algo duro. A Liga Europa foi muito bonita porque foi a primeira e sempre será uma recordação especial para mim. Além disso, foi em Lyon, muito perto da minha casa. Logo veio a Copa, que é o maior para um jogador. Estou com muita confiança, muito ânimo e muita esperança para começar a temporada”.

“Com Lucas e eu, já estamos todos, o grupo está completo. Falta treinar juntos, mas a gente está com muita vontade e queremos ganhar essa partida sim ou sim”, afirmou o atacante sobre o duelo com o Real Madrid, rival e campeão da Champions League. O jogo será no dia 15 de agosto, em Tallin, na Estônia.

Treinando com os companheiros no clube, Griezmann já projeta voltar a entrar em campo. “A decisão é do técnico, mas eu pedirei para me deixar jogar uns minutos no nosso estádio no sábado para ter jogado antes do dia 15”, afirmou o jogador. O Atlético de Madrid enfrenta o Cagliari nesta quarta-feira, 8, e depois joga com a Inter no sábado, 11.

“Este clube fez muitos esforços em contrataçÕes e com o treinador que temos estamos certos que isso vai funcionar. Podemos aspirar muitas coisas”, disse o jogador, que afirmou que tem seus objetivos profissionais. “Melhorar em gols, assistências, ganhar algum título e seguir crescendo como estou fazendo a cada ano”.

Griezmann é a principal estrela de um Atlético de Madrid que tentará mais uma vez o impossível: desbancar Real Madrid e Barcelona na batalha pelo título da liga espanhola. O clube conseguiu isso em 2013/14, quando também chegou à final da Champions League, mas foi derrotado pelo Real Madrid.


Os comentários estão desativados.