Já faz alguns anos que não é segredo para ninguém que Antoine Griezmann tem certo fascínio pelos Estados Unidos, relação melhor expressa em sua paixão pela NBA, cujos jogos já frequentou em algumas oportunidades, além de vestir camisas de equipes como Bulls e Celtics e participar de ações com astros da liga norte-americana de basquete. Mas sua ligação com o país deverá se estreitar ainda mais daqui a alguns anos. Isso porque o craque do Barcelona deseja encerrar sua carreira na MLS.

A revelação foi feita pelo próprio jogador, em entrevista ao jornal Los Angeles Times. Enumerando seus objetivos para os próximos anos, Griezmann elencou conquistas pelo Barcelona, mais um Mundial pela França e, por fim, o passo final de sua trajetória.

“Vencer La Liga e a Champions League com o Barça seria um sonho e é também meu objetivo. Depois disso, vencer o que vier pela frente. Tem outra Copa do Mundo no Catar. E, então, a MLS”, explicou.

Grizou não tem uma equipe específica em mente, mas a liga é uma certeza. “Não sei qual time, mas quero muito jogar lá. Para mim, é um objetivo encerrar minha carreira nos Estados Unidos, podendo jogar bem e sendo parte importante do time, brigando por um título.”

Fã confesso de David Beckham, tendo falado em diversas oportunidades sobre a idolatria que tem pelo ex-jogador, Griezmann estaria seguindo os passos do inglês, que foi defender o Los Angeles Galaxy na reta final de sua carreira, pavimentando o caminho para que outras estrelas do futebol fizessem o mesmo na última década, embora ele, Beckham, tenha pendurado as chuteiras justamente por um clube francês, o PSG.

Cerca de dois anos atrás, Griezmann já havia mencionado rapidamente sua vontade de jogar nos Estados Unidos, citando sua preferência por Los Angeles Galaxy e Inter Miami, clube do qual David Beckham é um dos sócios-fundadores. Porém, aos 29 anos e com contrato até 2024 com o Barcelona, este plano segue como uma possibilidade ainda distante.