Antoine Griezmann é de longe o jogador mais importante do Atlético de Madrid, e olha que há muitos bons jogadores por lá tendo grandes atuações. Para ficar em um só deles, o belga Carrasco tem sido um jogador decisivo nas últimas partidas, como foi no fim de semana e já tinha sido na rodada passada pela Champions League, na vitória por 1 a 0 sobre o Rostov na Rússia. Nesta terça-feira, foi noite de Griezmann mostrar o protagonista que é e ser o grande nome do time na vitória por 2 a 1.

LEIA TAMBÉM: Como ele acertou esse chute? Meunier fez uma pintura para dar a vitória ao PSG

O francês marcou um golaço ao estilo Ibra no primeiro tempo, no maior estilo acrobático. Só que o jogo se mostrou muito mais complicado do que parecia. Embora o Rostov seja o grande favorito a ficar em último lugar no grupo, engrossou o caldo. E, já com o tempo regulamentar esgotado, marcou o gol que deu a vitória ao time comandado por Diego Simeone.

O gol da vitória ainda teve uma certa polêmica. A bola veio de um lançamento longo para a entrada da área, a bola foi desviada e Griezmann, livre, marcou o gol do 2 a 1. Os jogadores do time russo reclamaram impedimento do atacante. De fato, na hora do toque na bola, Griezmann estava em posição de impedimento. O detalhe, porém, foi que o toque na bola foi dado pelo defensor do Rostov. A reclamação, portanto, era que o toque tinha sido apenas um desvio. O árbitro, junto com o assistente, deliberou que o toque do defensor foi um erro técnico, portanto, não houve impedimento.

Com 12 pontos, o Atlético de Madrid manteve 100% de aproveitamento, em primeiro lugar do grupo D. O Bayern de Munique também está classificado, com nove pontos, em segundo lugar. PSV e Rostov estão ambos com um ponto.

Veja os lances do jogo: