Grêmio e Palmeiras avançaram na Copa Sul-Americana após a noite de quarta-feira do mesmo modo: pelo gol fora de casa. Os dois times decidiram a classificação na casa do adversário e marcaram gols que acabaram sendo decisivos para chegarem às oitavas de final – o que reforça a fama de copeiros dos dois times.

Em Curitiba, o Grêmio precisava segurar o Coritiba, depois de vencer por 1 a 0 o jogo de ida no Olímpico. Perdia por 3 a 1 até o final do jogo, com gols de Éverton Ribeiro, Roberto e Pereira para o Coxa e Elano, de pênalti, para o Tricolor. Aos 44 minutos do segundo tempo, Marcelo Moreno pegou uma sobra de bola em posição legal e marcou o gol da classificação.

No Rio de Janeiro, o Botafogo precisava marcar três gols para avançar, só que tomou um e acabou ficando fora. Seedorf abriu o placar no primeiro tempo, mas o meia Patrick empatou para o Palmeiras e complicou demais a situação do alvinegro. O volante Renato e o meia-atacante Nicolás Lodeiro marcaram mais dois gols para o Botafogo, mas que acabaram sendo insuficientes, porque o alviverde venceu o jogo de ida por 3 a 1.

Os dois times avançam às oitavas de final. O Palmeiras espera o vencedor de Millonarios, da Colômbia, e Guaraní, do Paraguai. Já o Grêmio espera o ganhador entre Barcelona, do Equador, e Cobreloa, do Chile.

Os vencedores dos confrontos irão se enfrentar, o que significa que Palmeiras e Grêmio, se vencerem o duelo das oitavas de final, se encontrarão nas quartas de final. Os dois times fizeram a semifinal da Copa do Brasil, com o Palmeiras vencendo com uma vitória por 2 a 0 e um empate por 1 a 1.

O Palmeiras tenta o segundo título da temporada, mas já tem vaga garantida na Libertadores de 2013. O Grêmio, além do título, tenta conseguir a vaga pela competição. Nenhum dos dois conquistou a Copa Sul-Americana.

Independiente e Boca ficam no empate

Na Bombonera, Boca Juniors e Independiente ficaram no empate por 3 a 3 em jogo que os Rojos não deixaram os Xeneizes dispararem. Sempre saindo em vantagem o Boca não conseguiu segurar a vantagem e viu a vitória escapar no último minuto do jogo.

O primeiro gol do jogo foi de Santiago Silva, aos 15 minutos de jogo. No final do primeiro tempo, Jonathan Santana empatou para o Independiente. Antes do intervalo, Leandro Somoza voltou a colocar o Boca em vantagem. Com três minutos do segundo tempo, veio novamente o empate do Rojo com Paulo Roberto Rosales.

O fim de jogo foi emocionante. Juan Sánchez Miño, de falta, marcou um belo gol de falta aos 31 minutos do segundo tempo. A vitória parecia ser do Boca, mas Ernesto Farías (ex-Cruzeiro) marcou o gol de empate do time de Avellaneda, de pênalti, aos 45 minutos.

O jogo de volta entre as duas equipes será no dia 29, na próxima semana. Quem passar desses confronto argentino enfrentará o ganhador de Liverpool, do Uruguai, e Envingado, da Colômbia. O Boca é bicampeão da Sul-Americana, com títulos em 2004 e 2005.