Gabriel Paletta desfalcará o Boca Juniors por um longo período. O defensor ficará cerca de seis meses afastado após sofrer uma grave lesão nos ligamentos do joelho direito, em lesão semelhante à sofrida pelo atacante Martín Palermo.

O jogador, de 22 anos, machucou-se durante a partida de domingo contra o arsenal pelo torneio Apertura. Ele continuou em campo até o final, sem sentir dores. Em um primeiro momento, a equipe médica do Boca pensou tratar-se apenas de uma torção, mas o problema se revelou bem mais grave.

Para evitar novas lesões e a conseqüente perda de jogadores na reta final do Apertura, no qual briga pelo título, o Boca Juniors solicitou que seus atletas não sejam convocados para o amistoso da seleção argentina contra a Escócia, no dia 19.

“Falava-se na convocação de Riquelme, Battaglia e Dátolo. Além disso, tínhamos que liberar González [Uruguai] e Vargas [Colômbia]. Como estamos na definição do campeonato e temos muitos jogadores contundidos, vamos pedir à federação argentina para que converse com a comissão técnica da seleção e não convoque nossos atletas”, afirmou Juan Carlos Crespi, dirigente dos xeneizes.