A relação de Grafite com o Santa Cruz teve um novo e belo capítulo neste sábado. Depois de 13 anos, ele voltou ao clube que o projetou nacionalmente, lá em 2001 e 2002 e não decepcionou a massa de torcedores tricolores no estádio Arruda. Mesmo sem aguentar o jogo inteiro em campo na sua primeira partida em meses, o atacante, de 36 anos, foi fundamental: marcou o gol da vitória do Santa sobre o Botafogo por 1 a 0, o que garantiu ao time a subida na tabela da Série B. Uma multidão de 44.485 torcedores esteve no Arruda para presenciar a volta do ídolo e ver uma vitória.

LEIA MAIS: A volta de Grafite ao Santa Cruz ressalta uma relação de carinho rara de se ver

A expectativa pela estreia era grande e a torcida do Santa já fazia festa nos arredores do estádio:

Enquanto o Santa Cruz brilha nos gramados, olha só a festa que a Torcida Mais Apaixonada do Brasil fez antes da partida começar. E ficará assim, até acabar. #VaiPraCimaDelesTricolor

Posted by Santa Cruz Futebol Clube on Saturday, August 8, 2015

O atacante se consagrou com a camisa 23 no Wolfsburg e manteve o número enquanto jogou no Oriente Médio. No Santa Cruz, optou por manter esse número. Foi o único a não estar com um número de 1 a 11 no time. Jogou centralizado no ataque, fazendo dupla com o artilheiro do time, Anderson Aquino.

O primeiro tempo, porém, foi de poucas chances. A torcida cantava, mas nem Santa, nem Botafogo criavam muitas chances. A melhor chance dos visitantes veio em uma cabeçada de Willian Arão, enquanto no Santa a melhor chance veio em um lançamento de Leleu para Bileu, que chutou forte e obrigou Jefferson a grande defesa no final do primeiro tempo.

Festa da Torcida Mais Apaixonada do Brasil no Mundão do Arruda. #VaiPraCimaDelesTricolor

Posted by Santa Cruz Futebol Clube on Saturday, August 8, 2015

O segundo tempo veio com um Santa Cruz melhor, o que acabou resultado no gol logo aos cinco minutos. O meia João Paulo fez um lançamento preciso para a área, onde estava Grafite. O atacante deu um peixinho para completar para as redes, marcando 1 a 0 Santa Cruz. Uma volta como sonhada: gol marcado para a massa comemorar.

As mudanças que vieram nos dois times depois não mexeram tanto no jogo quanto o Botafogo gostaria. Lúcio, lateral ex-Palmeiras, São Paulo e Grêmio, entrou no time pernambucano, contratado junto ao Salgueiro. Lulinha, Sassá e Daniel Carvalho, que entraram em campo para tentar mudar o panorama do Botafogo no jogo, não conseguiram criar chances.

O Santa Cruz, mesmo sem fazer uma grande partida, marcava bem e tinha espaços para contra-ataques perigosos. Foi assim que acabou dando sustos no time da Estrela Solitária. Até o apito final, a impressão foi sempre que o Santa esteve mais perto do segundo gol do que o Botafogo de empatar.

O resultado deixa o Botafogo em quarto lugar na Série B, com 30 pontos, atrás de Vitória, Bahia e América Mineiro, todos com 31 pontos. O quinto é o Sampaio Corrêa (28), seguido por Náutico (28) e Paysandu (27). O Santa Cruz é o oitavo colocado.

Do jeito que o tricolor sonhou! O Santa Cruz abre o placar contra o Botafogo com o gol dele, Grafite 23. O craque balançou a rede adversária no início do segundo tempo. Uma vez artilheiro, sempre artilheiro!Veja como foi o gol de Grafite contra o Botafogo. #GrafiteÉSantaCruz

Posted by Santa Cruz Futebol Clube on Saturday, August 8, 2015